terça-feira, 28/05/2024
Secretaria de Saúde realiza capacitação com foco no manejo clínico da chikungunya

Devido ao cenário epidemiológico das arboviroses na fronteira com o Paraguai e com o objetivo de fortalecer as estratégias de enfrentamento a dengue, Zika e chikungunya em Mato Grosso do Sul, a SES (Secretaria de Estado de Saúde) realiza na sexta-feira (24) a web aula “Manejo Clínico de Chikungunya”.

As aulas ocorrem na plataforma Telessaúde MS, começando às 10h30, sendo destinado aos profissionais de saúde dos 79 municípios sul-mato-grossenses. Conforme a gerente técnica de Doenças Endêmicas da SES, Jéssica Nantes, a capacitação auxiliará os profissionais quanto às particularidades da doença em relação a dengue, por exemplo.

“O que difere a chikungunya em relação a dengue é a cronicidade da doença, as dores crônicas e o acompanhamento prologando do paciente”, explica.

Entre os assuntos que serão tratados durante a transmissão estão a assistência e o manejo ao paciente com chikungunya. A palestra será ministrada pelo médico infectologista Dr. Rivaldo Venâncio da Cunha.

O acesso à web aula pode ser feito através do link abaixo:

Arboviroses

O combate ao mosquito Aedes aegypti é de extrema importância. Além da dengue, o mosquito também é responsável pela transmissão de duas graves enfermidades: a Zika e a chikungunya.

Para controlar a proliferação do mosquito é preciso evitar água parada, em qualquer época do ano, mantendo bem tampado tonéis, caixas e barris de água, caixas d’agua; acondicionar pneus em locais cobertos; remover galhos e folhas de calhas; não deixar água acumulada sobre a laje; encher pratinhos de vasos com areia até a borda ou lavá-los uma vez por semana e fazer sempre a manutenção de piscinas.

Além disso, é importante trocar água dos vasos e plantas aquáticas uma vez por semana; colocar lixos em sacos plásticos em lixeiras fechadas; fechar bem os sacos de lixo e não deixar ao alcance de animais; manter garrafas de vidro e latinhas de boca para baixo; tampar ralos; catar sacos plásticos e lixo do quintal, entre outras medidas que impeçam o acúmulo de água e de sujeiras.

A Secretaria de Saúde tem realizado ao longo do ano capacitação juntos aos 79 municípios seja na parte epidemiológica quanto na parte de vetores do Governo de Mato Grosso do Sul.

Comunicação SES
Foto: Bruno Rezende