terça-feira, 28/05/2024
No Dia Nacional da Imunização, SES reforça a importância da vacinação

Nesta sexta-feira, 9 de junho, é celebrado o Dia Nacional da Imunização, data que tem o objetivo de lembrar a população da importância das vacinas na proteção de doenças imunopreveníveis. No Brasil, o PNI (Programa Nacional de Imunizações) foi criado para garantir à população do País acesso gratuito a todas as vacinas recomendadas pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

Aplicação de vacina contra Influenza em ação realizada no Quartel do CBMMS

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) no intuito de ampliar a cobertura vacinal no estado, busca executar diferentes estratégias e ações. Entre as medidas, a exemplo, foi a recente parceria firmada com o CBMMS (Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul) e apoio da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande) que, diante do cenário de baixa cobertura vacinal contra a Influenza, a secretaria disponibilizou à população novo ponto de vacinação, de fácil acesso e com horário de atendimento estendido.

Em Mato Grosso do Sul, o PNI está presente nos 79 municípios nas 597 Salas de Vacina. Diariamente, as equipes de imunização atendem a população por meio da oferta dos imunobiológicos disponibilizados pelo programa.

Conforme a coordenadora estadual de Vigilância Epidemiológica, Ana Paula Rezende Goldfinger, os serviços de saúde têm estimulado a toda a população que procure uma unidade de saúde e atualize a sua situação vacinal.

“Sabemos que existe o risco real de reintrodução de doenças que foram erradicadas como a Poliomielite. Hoje o Sarampo é uma realidade em circulação, nas regiões de fronteira há casos confirmados de Febre Amarela e estados do País têm vivenciado surtos e lotação nas unidades hospitalares decorrentes de doenças respiratórias, doenças que podem ser prevenidas com as vacinas que temos disponíveis, como no caso da Influenza e Covid-19”, elucida.

As vacinas são seguras e estimulam o sistema imunológico a proteger a pessoa contra doenças transmissíveis. Quando adotada como estratégia de saúde pública, elas são consideradas um dos melhores investimentos em saúde considerando o custo-benefício.

O PNI do Brasil é um dos maiores do mundo, ofertando 45 diferentes imunobiológicos para toda a população. Há vacinas destinadas a todas as faixas-etárias, ou seja, contempla não somente as crianças, mas também adolescentes, adultos, idosos, gestantes e povos indígenas, além da promoção de campanhas anuais para atualização da caderneta de vacinação.

Apesar disso, a constante ocorrência de óbitos ou sequelas causadas por doenças preveníveis por vacinas revela que ainda há muito por fazer, e este é o grande desafio. Os serviços de imunização contam uma estrutura adequada que garantem a segurança e eficácia dos imunobiológicos ofertados a população e ainda conta com profissionais habilitados que possuem condições de tirar as dúvidas dos usuários. “Portanto, procure uma unidade de saúde e vacine-se, vacinas são gratuitas e salvam vidas”, alerta Goldfinger.

Verifique os horários de funcionamento e procure as Salas de Vacina do seu município para atualização da sua carteira de vacinação. Vacinas salvam vidas.

Vacinação no MS

Para comemorar o Dia Nacional da Imunização, as secretarias municipais de saúde de Mato Grosso do Sul encaminharam à SES imagens das campanhas realizadas em seus municípios e mensagens que reforçam a importância da vacinação. Confira:

“A vacinação é a melhor forma de proteção, pois é proteção para todos, faça sua parte, vacine-se” – Amambai

“Imunização: um ato simples de amor que salva vidas” – Santa Rita do Pardo

 “Cuide de quem você mais ama e leve toda a família para vacinar, quem ama protege” – Dois Irmãos do Buriti

“O sucesso nasce do querer, da determinação e persistência em se chegar a um objetivo. Mesmo não atingindo o alvo, quem busca e vence obstáculos, no mínimo fará coisas admiráveis. Vacinar é um ato de amor” – Porto Murtinho

Kamilla Ratier, Comunicação da SES

Fotos: Divulgação