quinta-feira, 25/04/2024
MS soma mais 531 casos de covid em 7 dias; 5 morreram em decorrência da doença

Mato Grosso do Sul registrou nos últimos sete dias mais 531 casos de covid-19, com cinco mortes constatadas em decorrência da doença. As vítimas que faleceram são todas idosas, em Corumbá, Três Lagoas e Dourados, além de duas em Campo Grande, município que lidera o ranking de novos casos, com 171 confirmações.

Logo atrás na lista aparece Santa Rita do Pardo, com 82 casos, seguida por Jardim, Aquidauana e Glória de Dourados, respectivamente, com 39, 35 e 33 novos casos. Em todo o Estado, 15.098 casos de covid foram registrados em 2023, com 87 óbitos. Os dados são do Boletim Epidemiólogico da SES (Secretaria de Estado de Saúde).

O índice de mortalidade da doença, ou seja, a quantidade de pessoas que morrem em decorrência da covid-19 a cada 100 mil habitantes, é o menor desde o início da pandemia em Mato Grosso do Sul. Em 2020 o índice era de 85,3m subindo para 261,8 em 2021. No ano passado, foi de 41,6, caindo agora para 3,1.

Hoje, há 1.403 infectados com a covid em isolamento domiciliar, enquanto outros 12 estão hospitalizados – 10 em leitos clínicos e dois em UTIs (Unidades de Tratamento Intensivo), um deles em hospital público e outro em unidade privada.

Vacinação

Quanto a imunização em Mato Grosso do Sul, na faixa etária entre 12 e 34 anos, onde já foi disponibilizado o primeiro reforço da vacina, 52,3% da população já se imunizou, enquanto na faixa etária de 35 anos ou mais, o número é de 79,3%. Este grupo, que já tem disponível o segundo reforço, consta com adesão de 25,6% nesta etapa.

Já na faixa etária de crianças entre 5 e 11 anos, a primeira dose foi tomada por 59,5% do público alvo sul-mato-grossense, que somam 301.008 crianças. A segunda dose da vacinação já conta com 36,2% de adesão no Estado.

Nyelder Rodrigues, Comunicação Governo de MS
Foto: Edemir Rodrigues/Arquivo