sexta-feira, 14/06/2024
Metaverso e Saúde Global são temas de palestras em comemoração aos 37 anos da ETSUS

Com a incumbência de formar e qualificar os trabalhadores de nível médio que atuam no SUS (Sistema único de Saúde) a ETSUS (Escola Técnica do SUS) Professora Ena de Araújo Galvão, em comemoração aos seus 37 anos, oferece nesta sexta-feira (21) as palestras “Metaverso e realidade virtual nos processos educativos em saúde” e “Saúde global e sustentabilidade na formação dos trabalhadores em saúde”. As palestras serão transmitidas on-line e são voltadas a todos os profissionais e trabalhadores da saúde.

Conforme o diretor da ETSUS, Newton Gonçalves de Figueiredo, as palestras discorrerão sobre assuntos que testam abordagens atuais para a formação de novos profissionais. “Os temas dessas duas palestras estão relacionados com os desafios que a ETSUS terá que enfrentar nos próximos anos para realizar a formação de técnicos de nível médio preparados e qualificados para as dificuldades e potencialidades que o setor saúde e as sociedades, cada vez mais ‘globalizadas’ e tecnológicas, terão que enfrentar em um breve futuro”, aponta.

“Metaverso e realidade virtual nos processos educativos em saúde” será ministrada pelos professores da FGV (Fundação Getúlio Vargas), Me. Márcia de Medeiros Aguiar e Me. André Luiz Fialho Coutinho, que abordarão acerca da adoção de novas tecnologias nos processos formativos da saúde. Tem como foco discutir as possibilidades que as novas tecnologias proporcionam para o ensino na área da saúde facilitando o processo de aprendizagem e, em alguns casos, a diminuição de custos.

Um exemplo é a possibilidade de se valer da realidade virtual nos cursos técnicos em enfermagem, principalmente no interior, para a realização de visitas técnicas em setores de alta complexidade em hospitais de grande porte. Já o metaverso pode possibilitar a criação de ambientes virtuais e seguros para simulação, com interações físicas, voltados para aulas de biossegurança, consultas, laboratório de anatomia humana em realidade virtual e outros.

A segunda palestra “Saúde global e sustentabilidade na formação dos trabalhadores em saúde” será apresentada pela professora da FSP-USP (Faculdade de Saúde pública da Universidade de São Paulo), Dra. Sofia Lizarralde Oliver. Abordará saúde global, termo que está ligado ao mundo contemporâneo e ‘globalizado’, com sociedades interdependentes e interligadas, com introdução constante de novas tecnologias, ampliação dos meios de comunicação, mudanças ambientais e climáticas, fluxos de capitais e pessoas entre os diversos países, ocasionando consequências que geram riscos para a saúde.

“Nesse contexto é necessário, cada vez mais, planejar ações em conjunto entre os países, prova disso foi a pandemia da Covid-19, e que exige um esforço contínuo e conjunto de uma pluralidade de atores e instituições para o enfrentamento de doenças, agravos, acidentes e desastres que unem e relacionam populações em diversos territórios, contextos sociais, econômicos e culturais”, destaca Newton.

As inscrições podem ser feitas até a sexta-feira (21) através do link: e para acompanhar as palestras que serão transmitidas ao vivo basta acessar o link:

Kamilla Ratier, SES

Foto: Álvaro Rezende/Divulgação