sábado, 13/04/2024
Comissão recebe ministra para explicar programa de equidade de gênero no SUS

10/04/2023 – 10:19  

Walterson Rosa/MS

Nísia Trindade assumiu o Ministério da Saúde em janeiro

A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara dos Deputados recebe nesta quarta-feira (12) a ministra da Saúde, Nísia Trindade, para falar sobre o Programa Nacional de Equidade de Gênero, Raça e Valorização das Trabalhadoras no Sistema Único de Saúde (SUS).

A iniciativa do debate é da deputada Coronel Fernanda (PL-MT). Ela é crítica ao programa. Segundo a parlamentar, o ministério utilizou uma portaria para regular relações de trabalho, “criando deveres ligados à disseminação de temas relativos à teoria de gênero”.

“A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) não traz em nenhum momento a abordagem de ‘gênero’ que o Ministério da Saúde pretende implementar por meio da Portaria 230/23”, afirma. “Qualquer interpretação diferente não passa de mero invencionismo jurídico e de convicção política-ideológica.”

Ainda conforme Coronel Fernanda, a pasta extrapolou sua competência ao dispor sobre direitos e deveres de trabalhadores, o que deveria, de acordo com a deputada, ser feito por leis elaboradas por Câmara e Senado.

“Por se tratar de mero ato administrativo normativo, uma portaria constitui meio hábil para tratar tão somente de matérias já previstas pela legislação. Uma transgressão a esse comando implica em nulidade por incompetência absoluta”, diz a parlamentar.

A reunião será realizada no plenário 14, às 13h30.

Da Redação – MO