terça-feira, 28/05/2024
Vereadora Luiza Ribeiro afirma que o Executivo e Legislativo não podem iniciar qualquer negociação com o HCAA com o atendimento paralisado

27.02.2023 · 4:58 · Vereadora Luiza Ribeiro

A Câmara Municipal de Campo Grande realizou nesta segunda-feira (27) a Audiência Pública para que a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) apresentasse as contas referentes ao 3º quadrimestre do exercício financeiro de 2022.

Durante a audiência, a vereadora Luiza Ribeiro ressaltou a falta de transparência do hospital na aplicação de recursos. “O que é mais grave é que a Secretaria de Saúde não exigiu dessas redes conveniadas a transparência na aplicação dos recursos públicos. Os dados de balanço patrimonial são apenas do ano de 2020. As informações de contratos e convênios, valores recebidos por doações e as licitações para contratação de serviços públicos não constam no portal da transparência do hospital”.

Para a vereadora é inadmissível um hospital que atende 99% dos pacientes oriundos do SUS e realiza 70% dos atendimentos oncológicos públicos de todo o Estado do Mato Grosso do Sul alegue um déficit financeiro e paralise os atendimentos. “Todos nós sabemos o desespero que isso causa no doente e nos familiares. Em minha opinião, nós enquanto Poder Público, não podemos admitir isso! Só podemos sentar e negociar com o HCAA quando colocarem os atendimentos em funcionamento.”, afirmou Luiza.

Assessoria de Imprensa da Vereadora