sexta-feira, 14/06/2024
Vereador Professor Riverton relembra lei da sua autoria, aprovada há um ano, que apresenta soluções efetivas para a saúde dos educadores

27.04.2023 · 11:04 · Vereador Professor Riverton

A saúde mental dos educadores tem sido um assunto cada vez mais discutido nos últimos meses. Durante a audiência pública “Saúde Mental: um desafio da educação” que foi realizada na Câmara Municipal de Campo Grande, pela comissão de educação da casa de leis, o Vereador Professor Riverton apresentou dados alarmantes sobre a saúde desses profissionais e enfatizou a importância de políticas públicas de valorização para garantir um ambiente de trabalho saudável e produtivo.

De acordo com o Vereador, a alta taxa de atestados médicos afeta diretamente a qualidade da educação e a saúde dos educadores, que são fundamentais para o desenvolvimento dos alunos e o fortalecimento da educação como um todo. Para ele, prevenir problemas de saúde mental é essencial para garantir a qualidade da educação.

Foi pensando nisso que o Vereador propôs e o executivo sancionou a lei 6.780/2022, que institui a política de valorização, saúde, bem-estar e qualidade de vida no trabalho dos profissionais da educação. A lei considera a necessidade do desenvolvimento de ações voltadas para a atenção à saúde integral e a prevenção do adoecimento, além de despertar práticas que promovam o bem-estar no trabalho de maneira sustentável, humanizada e duradoura.

Para o Vereador, os educadores são protagonistas no processo de luta por uma sociedade que tenha seus direitos à educação garantidos. Ele cita o PNE- Plano Nacional de Educação em suas metas 15 a 18 da Lei 13.005/2014, que versa sobre a garantia de uma educação realmente de qualidade, pública, com acesso gratuito, estando estreitamente associada à valorização legítima dos profissionais da educação.

“Diante de leis existentes, não restam dúvidas acerca da necessidade urgente da implementação no chão da escola. Isso para que a atual realidade tome um novo rumo e transforme a qualidade de vida desses valorosos profissionais. A valorização dos educadores é fundamental para garantir um ambiente de trabalho saudável e produtivo, contribuindo para o desenvolvimento dos alunos e o fortalecimento da educação como um todo.

O profissional de educação antes de tudo é um ser humano e deve ser respeitado como tal, a sua saúde deve ser de total preocupação pelo poder público” terminou dizendo o Vereador que representa a educação no legislativo municipal.