sábado, 15/06/2024

23.03.2023 · 12:01 · Visita

O presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão, recebeu na manhã desta quinta-feira, dia 23, antes da sessão ordinária, vereadores da Câmara de Concepción, no Paraguai, e o secretário municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio, Adelaido Vila. Eles vieram conhecer e buscar um intercâmbio sobre as legislações municipais. Também foram discutidas medidas para ampliar a comercialização de produtos da agricultura familiar entre as cidades.

O presidente da Câmara destacou os benefícios dessa troca de ideias, tanto para aperfeiçoar legislação quanto para incremento da economia. “Por esse acordo, eles vão comprar produtos de Campo Grande e nós vamos comprarmos também deles. Esse intercâmbio, com a participação da Câmara, é importante. O Poder Legislativo de lá e o Legislativo aqui também irão trocar experiências sobre projetos de lei, Regimento Interno e queremos ainda fazer um curso na Escola do Legislativo”, disse.

A internacionalização de Campo Grande já começa a acontecer, como destacou o secretário Adelaido Vila. “Hoje, estamos recebendo essa delegação que vem buscar conhecimento sobre nossa legislação, nossa forma de tributação e também com o propósito de iniciar uma tratativa comercial, onde a agricultura familiar vai nos ajudar abastecendo Campo Grande e, de outro lado, a agricultura familiar de Campo Grande abastecendo Concepción”, disse.

O secretário citou exemplo do limão, produzida em grande quantidade pelos agricultores da Capital, e que pode ser comercializado com a cidade paraguaia, onde o quilo da fruta custa R$ 10. Em contrapartida, o abacaxi é bastante produzido em Concepción, podendo chegar com custo melhor aos campo-grandenses. “A Câmara vai nos ajudar nessa aproximação, a derrubar os muros e a ter relacionamento forte com países próximos”, disse Vila. Legislações para aperfeiçoar essa parceria estão em estudo.

Campo Grande servirá de referência para Concepción, que está em crescimento, conforme o vereador Felix Ibañez, vice-presidente da Junta Municipal, equivalente à Câmara de Concepcion. “Primeiramente gostaríamos de conhecer a parte administrativa, arrecadação de impostos, sistema de pagamento, para podermos ver a forma de implementação, já que Concepción vai crescer economicamente”, disse. Conhecer melhor o sistema de trânsito também está entre as metas.

“O sistema de trabalho do município de Campo Grande é muito importante para nós porque Concepcion, daqui a algum tempo, irá crescer o triplo do que atualmente. Hoje contamos com 100 mil habitantes”, disse o vereador Amancio Céspedes. Por isso, confirme o vereador, é importante esse passo para um acordo para a aprender sobre a cidade.

O empresário Ángel Mendes, dono de uma empresa de importação e exportação, destacou a importância desse pacto para ajustarem a legislação, principalmente em relação à agricultura familiar, com essa participação política e incentivos do Governo.

Cidades Irmãs – A Lei Municipal 6955, de novembro de 2022, declara como ‘Cidades Irmãs’ as cidades de Campo Grande e de Concepción, no Paraguai. A legislação buscar criar condições adequadas para a celebração de acordo de irmandade e cooperação entre Campo Grande e a cidade de Concepción, Capital do Departamento de Concepción, no Paraguai, com o objetivo estabelecer relações sociais, econômicas e culturais, além de laços de amizade, solidariedade, intercâmbio e cooperação entre os povos, atores econômicos e governos dessas duas cidades. A proposição destacou ainda Campo Grande e Concepción localizam-se no traçado do Corredor Rodoviário Bioceânico, que proporcionará a integração dos territórios, a ampliação e diversificação das relações comerciais e a promoção de novas oportunidades de investimento, emprego e renda, contribuindo para a melhoria das condições de vida dos cidadãos.

Milena Crestani
Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal