quinta-feira, 25/04/2024
Presidente Carlão recebe dois novos concursados intérpretes de LIBRAS  para atuarem nas sessões e trabalhos da Câmara Municipal

20.03.2023 · 2:06 · Vereador Carlão

Clique na imagem para ver a galeria completa

Na manhã desta segunda-feira (20), o vereador Carlos Augusto Borges (Carlão PSB), presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, recebeu no gabinete da presidência os dois novos concursados intérpretes de LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) que estão tomando posse para atuarem na Casa de Leis, Janaina Saraiva e André Amaral. Tendo como objetivo a inclusão dos deficientes auditivos para a comunicação entre eles e outras pessoas, sejam elas surdas ou ouvintes. Carlão destacou que fica feliz em contribuir para a acessibilidade e reforçou que agora a Câmara terá três intérpretes da Língua Brasileira de Sinais efetivamente na Casa, um grande avanço para a acessibilidade e inclusão na instituição.

“Sou autor da Resolução e da Lei que institui no âmbito da Câmara e nos eventos públicos do município a disponibilização de intérpretes de Libras, em 2013. No meu segundo mandato já trabalhava pela inclusão e agora no exercício da presidência da Casa, fiz questão de priorizar essas vagas no concurso público. A Helga Pereira foi a nossa primeira intérprete, mas estava sobrecarregada, atuando sozinha há mais de quatro anos. Agora, em equipe, acredito que a eficiência da inclusão e acessibilidade será ainda maior”, avaliou.

Helga Pereira afirmou que está muito animada com o reforço de dois novos concursados como intérpretes de Libras. “É o começo de um grande trabalho que temos pela frente. Porque no exercício da função como intérpretes precisamos atuar em equipe para que o trabalho seja mais eficaz. A Janaina e o André vão fortalecer e contribuir para aumentar ainda mais a acessibilidade na Câmara Municipal”, afirmou.

Janaina Saraiva afirmou estar ansiosa para o trabalho efetivo nas sessões.

“A expectativa é a melhor possível! Há uma semana estamos sendo preparados pela Helga para trabalhar nas sessões e todos da Câmara estão sendo muito receptivos. Estamos dando os primeiros passos deste trabalho tão importante para comunidade surda. Lembrando que existe uma recomendação do trabalho em revezamento, de 15 minutos a 20 minutos, para facilitar a interpretação e também o resguardo da saúde física e mental dos profissionais”, explicou.

Já André Amaral, fez questão de salientar que ambos concursados possuem formação em Libras e prática no exercício da função.

“Já estamos fazendo a interpretação das gravações dos programas – Vereadores em Foco, que são transmitidos pela TV Câmara, nas redes sociais e na TV Educativa. Para irmos nos adequando à linguagem política e ao processo Legislativo”.

Assessoria de Imprensa do Vereador.