quinta-feira, 13/06/2024
Para a vereadora Luiza Ribeiro faltam transparência e gestão no Hospital de Câncer de Campo Grande

23.02.2023 · 3:35 · Vereadora Luiza Ribeiro

O Hospital de Câncer Alfredo Abrão, de Campo Grande, anunciou por meio de nota assinada pela diretoria executiva da instituição, que o corpo clínico inicia paralisação dos atendimentos a partir desta quinta-feira (23). O hospital alega que o déficit financeiro geral está acumulado em R$ 770 mil/mês, e por isso não vê alternativa.

Para a vereadora Luiza Ribeiro (PT) falta transparência na aplicação dos recursos públicos e gestão eficiente. “É importante esclarecer que os motivos expostos são todos problemas originários pela falta de gestão do próprio Hospital do Câncer Alfredo Abrão. O HCAA fala sobre déficit financeiro mensal, mas não informa quanto de recursos públicos recebe todos os meses, da Prefeitura e do Governo do Estado, não informa quanto de recursos públicos recebeu nos últimos anos, não informa porque não faz licitação para a escolha do melhor preço para contratar exames de particulares, não informa, sendo filantrópica, quanto tem arrecadado de particulares, não indica nenhuma outra solução a não ser interromper o atendimento da pessoa doente de câncer e com isso pressionar o Poder Público a transferir mais recursos ao hospital.”

O financiamento dos serviços prestados na saúde é tripartite, ou seja, custeados pelo governo federal, governo do estado e município. De acordo com a prefeitura, nos meses de janeiro e fevereiro deste ano os três repassaram ao hospital cinco milhões e trezentos mil reais.

“Os pacientes e toda sociedade não podem ficar reféns de gestões temerárias e muito menos da concentração dos serviços de tratamento de câncer em pouquíssimas unidades, ainda mais sendo elas privadas ou filantrópicas.”, afirma a vereadora Luiza Ribeiro.

 

Assessoria de Imprensa da Vereadora