sábado, 15/06/2024
No dia do Artesão, vereador Tabosa outorga medalha legislativa a Erika Souza Pedraza

31.03.2023 · 6:44 · Vereador Tabosa

Clique na imagem para ver a galeria completa

A artista visual Erika Souza Pedraza foi a personalidade homenageada pelo vereador Marcos Tabosa (PDT) com a outorga da Medalha Legislativa “João Manoel da Silva” em sessão solene, ocorrida na noite desta quarta-feira (29) em comemoração ao Dia do Artesão. A data foi instituída no município de Campo Grande por meio da Lei nº 6.210/19. Já a medalha foi instituída na Casa de Leis por meio da Resolução nº 1.333/20.

A solenidade, realizada no Plenário Oliva Enciso por proposição do vereador Ronilço Guerreiro, visa homenagear, reconhecer e valorizar os artesãos e artesãs de Campo Grande, que encantam a cidade com seu talento para as artes manuais. O evento foi aberto com uma apresentação cultural do músico Adriano Souza Ramos, acompanhado do Grupo Quinteto de Jazz da Sectur, composto pelos músicos Ricardinho, Vandão e Carlos.

QUEM É ERIKA PEDRAZA?

Nascida em Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, Erika Pedraza se formou em Artes Visuais pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e há 13 anos seus trabalhos transbordam através dos muros da periferia, prédios centrais e exposições regionais, nacionais e internacionais. Érika é Pós-graduada em Arte Regional pela Faculdade Novoeste e detém o Título Honorífico Dra.h.c (Faculdade Formação Brasileira e Internacional de Capelania e a Ordem dos Capelães do Brasil – OCB).

Mesclando entre mais diversas técnicas e estilos, dentre Caricatura, Pintura em Tela e Muralismo, em 2016 ao entrar no Coletivo De Mulheres Negras De MS – CM NEGRAS MS Raimunda L de Brito, a artista teve seu despertar de identidade e consciência, quando volta sua expressão para a militância e o protesto através da arte.

À partir deste momento sua linha de pesquisa caminha para o empoderamento negro, para a identidade e responsabilidade social. Inicia-se uma fase de encontro com sua própria cultura. Suas obras recentes são as produções de valorização estética da mulher negra

A intenção é resistir ao desprestígio promovido às produções artísticas negras, em sua produção artística, a artista evidencia a valorização estética da mulher negra como eixo central de seus trabalhos

A artista compreende a difícil realidade enfrentada pelas mulheres negras na sociedade. A artista oras pinta, oras se coloca diante de sua própria obra, sendo a própria obra em si, performando suas dores, medos, inseguranças e anseios, além de externar seus sentimentos, pensamentos e posicionamentos políticos através de sua arte.

Para o vereador Marcos Tabosa, o evento se revestiu de grande importância para os artistas de Campo Grande, bem como para todo o Mato Grosso do Sul. “Hoje é uma noite de festa, o mês é comemorado como o mês do artesão, tivemos a reinauguração da Casa do Artesão, conseguimos fazer duas semanas do artesão: a semana municipal e a estadual, dobrando assim a geração de renda. Vamos pensar em políticas públicas para os artesãos de dentro do nosso município, para que fique aqui também, não só lá fora onde parece ser mais reconhecido. Parabenizo a todos aqui presentes e agradeço a Casa pelo reconhecimento”, finalizou.

Palmir Cleverson Franco
Assessoria de Imprensa do Vereador