Campo Grande-MS
terça-feira, 23/07/2024
Após perdas irreparáveis, Tiago Vargas vence julgamento no CRM e prova que nunca cometeu nenhum tipo de crime

18.04.2023 · 1:41 · Vereador Tiago Vargas

No último sábado, dia 15, aconteceu no Conselho Regional de Medicina (CRM/MS), o julgamento do médico que em 2020 participou do maior esquema de perseguição de Mato Grosso do Sul, para excluir o vereador Tiago Vargas da Polícia Civil. Na época, Vargas era investigador daquela corporação.

“O médico foi punido por 8 votos a 7. Deus é bom o tempo todo. Eu não cometi qualquer tipo de crime, pelo contrário, sempre lutei contra políticos corruptos do meu Estado”, declara Tiago Vargas.

Em razão da conduta do médico no dia da perícia que ocasionou a demissão do então investigador Civil, o profissional da saúde teria usado um vídeo e provocado Vargas que, segundo o médico, teria ameaçado o governador Reinaldo Azambuja.

No entanto, de acordo com testemunhas que presenciaram os fatos, como a Dra. Gisele Maia, que não ouviu Tiago Vargas ameaçar o governador e nem outros políticos. Para o advogado do vereador, Ronei Barbosa, o médico foi punido com advertência pela atuação incompatível na perícia médica. “Após uma cascata de dores e perdas irreparáveis, conseguimos mais uma vitória jurídica e esse resultado deixa evidente que Tiago Vargas sempre esteve certo”, afirma.

Emocionado e comemorando o resultado do julgamento, o vereador diz que isso “não trará de volta o cargo na Polícia Civil, muito menos as noites mal dormidas, porém é um alívio para o coração”, conclui.

Assessoria de Imprensa do Vereador 

  • Campo Grande, 150 anos de História