segunda-feira, 4/03/2024

Tereré é decretado patrimônio imaterial e cultural de Mato Grosso do Sul

Tereré é decretado patrimônio imaterial e cultural de Mato Grosso do Sul

O publicado nesta sexta-feira (30), no Diário Oficial Eletrônico da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), declara o Tereré como patrimônio imaterial e cultural do Estado de Mato Grosso do Sul.

O projeto de decreto legislativo que originou esse reconhecimento histórico, cultural e social para a população sul-mato-grossense é de autoria do deputado estadual Junior Mochi (MDB). O decreto entra em vigor a partir desta sexta-feira.  

Caberá ao Poder Executivo, por meio da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) o registro do bem de que trata este Decreto Legislativo, conforme a Lei Estadual 3.522, de 30 de maio de 2008 e Decreto 12.686, de 30 de dezembro de 2008.