quinta-feira, 13/06/2024
Hashioka discute malha ferroviária de MS com representantes do Rotary e da Casa de Cultura

O deputado estadual Roberto Hashioka (União Brasil) recebeu a visita de representantes do Rotary Club de Campo Grande e da Casa de Cultura – Sub-Grupo Memória Ferrovias MS, na última segunda-feira, 20, em seu gabinete parlamentar na Assembleia Legislativa. O tema da reunião foi a necessidade da reativação da malha ferroviária de Mato Grosso do Sul.

Entre os assuntos discutidos, está a demanda por alternativas ao transporte rodoviário para escoar a produção de grãos, minério, carne, celulose e outros. Em decorrência da falta de linha férrea para receber esse tráfego, a quantidade de veículos pesados circulando pelas rodovias sul-mato-grossenses preocupa a comissão que conversou com Hashioka. O alto índice de acidentes, o congestionamento das vias, os gastos com conservação das pistas também foram elencados durante o encontro.

O parlamentar se comprometeu a analisar as demandas e dar o devido encaminhamento aos órgãos competentes. “Garantir investimentos e ações efetivas para a retomada da malha ferroviária irá proporcionar um maior desenvolvimento econômico e social para Mato Grosso do Sul”, afirmou Hashioka.

Estiveram presentes à reunião o presidente da Memória Pantanal e fundador do Grupo Acaba, Moacir Lacerda; o advogado, professor e ex-diretor geral da Academia de Polícia de MS, Cezar Maksoud; a arquiteta e diretora do Rotary Club Pantanal, Gislaine Rezende; a advogada e representante do Rotary, Marta Recaldez; os advogados membros da Comissão da OAB-MS, Lairson Palermo e Marco Antonio Barbosa; o engenheiro e professor da UFMS, Marco Maymone; e o psicólogo e músico Rômulo Said.