sexta-feira, 24/05/2024
Deputado Hashioka preside Comissão Permanente de Obras e Infraestrutura na Alems

O deputado estadual Roberto Hashioka (União Brasil) foi eleito para presidir a Comissão Permanente de Serviço Público, Obras, Transporte, Infraestrutra e Administração da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. A ata da eleição foi publicada no Diário Oficial da Alems de 9 de março.

A Casa de Leis possui 16 comissões permanentes que têm a competência de discutir, analisar, votar e emitir parecer às matérias e proposições em movimentação pela Alems. Cabe ainda às comissões permanentes a realização de audiências públicas com entidades organizadas da sociedade civil.

A comissão a qual o parlamentar vai presidir tem a função de analisar as matérias sobre o serviço público da administração estadual direta, indireta e das fundações. Além disso, o regime jurídico dos servidores públicos civis, militares, ativos e inativos, para ser colocado em votação no Plenário da Alems, precisa do parecer da comissão.

É da Comissão Permanente de Serviço Público, Obras, Transporte, Infraestrutra e Administração ainda a responsabilidade sobre assuntos de prestação de serviço público em geral, sua qualidade e aprimoramento. A comissão emite parecer também sobre política salarial, formação, reciclagem e aperfeiçoamento de recursos humanos e sistema estatístico, cartográfico e demográfico estadual.

A escolha do parlamentar para presidir a comissão é bastante acertada, haja vista que, em sua vida profissional como engenheiro civil, Hashioka desempenhou funções ligadas a obras e projetos na área de infraestrutura, sobretudo estradas e rodagens, bem como na área de administração pública.

Hashioka foi diretor-presidente da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agems), diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS), secretário de Estado de Administração e Desburocratização e secretário de Relações Institucionais da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra).

O parlamentar faz parte, como membro titular, de mais três comissões. São elas, a Comissão de Finanças e Orçamento; de Trabalho, Cidadania e Direitos Humanos; e de Segurança Pública e Defesa Social.

Como suplente, Hashioka integra seis comissões: de Constituição, Justiça e Redação; de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia; de Saúde; de Turismo, Indústria e Comércio; de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; e de Desenvolvimento Agrário e Assuntos Indígenas e Quilombolas.

Para o parlamentar, é uma grande responsabilidade assumir a presidência da comissão em função da importância que ela representa dentro do contexto do Estado de Mato Grosso do Sul. “Somos um estado que tem uma enorme área territorial e, por isso, a responsabilidade de viabilizar uma boa logística, através da construção de eixos rodoviários para atender de forma efetiva os empreendimentos que estão sendo desenvolvidos e, assim, atender os setores de grãos e de pecuária, o sucroalcooleiro e o polo de celulose que está sendo implantado no nosso estado”.

O deputado elencou outros projetos em andamento no Estado que serão analisados pela comissão por ele presidida: “Temos ainda a construção da rodovia BR-376, que vai ligar Mato Grosso do Sul ao Paraná, e a Rota Bioceânica, que está caminhando a passos largos e vai cruzar o nosso estado e dar acesso ao Oceano Pacífico”, destacou.

Hashioka agradeceu aos outros parlamentares pela oportunidade de estar à frente da Comissão de Serviço Público, Obras, Transporte, Infraestrutra e Administração. “Agradeço aos colegas deputados a confiança e espero poder contribuir com a experiência que adquiri ao longo da minha vida política e administrativa. Agradeço também o convite que recebi para participar das outras três comissões como membro titular, bem como das seis em que fui eleito suplente. Coloco-me à disposição para atuar nas comissões que faço parte e que compõem as 16 que formam o arcabouço da análise dos projetos que passam pela Assembleia Legislativa”, finalizou.