quarta-feira, 21/02/2024

Criada Frente Parlamentar que discutirá políticas públicas para a cadeia da pesca

Criada Frente Parlamentar que discutirá políticas públicas para a cadeia da pesca

Com números que se destacam no cenário nacional, o setor da pesca de Mato Grosso do Sul terá as discussões de suas pautas e demandas intensificadas na Assembleia Legislativa. A Casa de Leis instituiu a Frente Parlamentar em Defesa da Cadeia Produtiva da Pesca, por meio do Ato 03/2023 da Mesa Diretora, publicado na edição desta quinta-feira (23) do Diário Oficial do Legislativo. 

Requerida pelo deputado Amarildo Cruz (PT), a Frente Parlamentar objetiva propor, discutir e acompanhar a execução de políticas públicas e privadas relacionadas à cadeia produtiva da pesca de Mato Grosso do Sul. A criação da Frente ajudará no fomento do setor, que tem grande importância na economia estadual e participação significativa nas exportações brasileiras.

Deputado Amarildo Cruz é o coordenador da Frente Parlamentar

Além do deputado Amarildo Cruz, que será o coordenador, a Frente terá participação dos deputados Antonio Vaz (Republicanos), Jamilson Name (PSDB), João César Mattogrosso (PSDB), João Henrique (PL), Junior Mochi (MDB), Pedro Kemp (PT), Pedrossian Neto (PSD), Professor Rinaldo Modesto (Podemos), Roberto Hashioka (União) e Zeca do PT (PT).

O grupo também contará com a participação de vereadores das cidades pesqueiras, representantes das colônias de pescadores artesanais profissionais, representantes dos catadores de isca, representante do setor do turismo e da pesca e demais atores sociais da cadeia produtiva da pesca.

MS é o segundo maior exportador de tilápia

De acordo com o último Informativo de Comércio Exterior da Piscicultura, publicado em janeiro deste ano pela Embrapa Pesca e Aquicultura, as exportações brasileiras de peixe aumentaram 15% em 2022, atingindo US$ 23,8 milhões. A tilápia representou 98% do total exportado, somando US$ 23,2 milhões.

Mato Grosso do Sul é o segundo maior exportador de tilápia do país, superado apenas pelo Paraná. A receita com as vendas externas do peixe geraram ao Estado receita de US$ 4,2 milhões em 2022. O volume exportado por Mato Grosso do Sul de tilápia e seus derivados foi, no ano passado, de 1,48 mil toneladas.