sábado, 15/06/2024
<b>Mês da Mulher</b>: Rádio ALEMS traz entrevista com a presidente da CCJR

Elas chefiam famílias, empresas e países. Elas aprendem, ensinam e pesquisam. Elas geram vidas, conhecimento e soluções. E, por serem tantas e tão diversas, jamais caberiam apenas em uma data. Por isso, neste mês de março, o programa Direto ao Assunto da Rádio ALEMS inicia uma série de entrevistas em homenagem a todas as mulheres que compõem o Legislativo estadual. Para abrir essa rodada o programa Direto ao Assunto, que vai ao ar nesta segunda-feira (6), traz uma entrevista especial com a presidente da Comissão Constituição Justiça e Redação (CCJR), deputada Mara Caseiro (PSDB).

A parlamentar foi a candidata que teve a maior votação para ocupar uma vaga na Casa de Leis, no último pleito, totalizando 49.509 votos. Mara Caseiro destacou os desafios enfrentados pelas mulheres na política, e que ainda existe muito preconceito. “Eu já fui vereadora no ano 1996 em Eldorado, depois prefeita e agora estou no quarto mandato de deputada. Nós avançamos muito, conseguimos construir uma história, mas ainda estamos longe de atingir a tão sonhada igualdade. Temos trabalhado intensamente para colocar a mulher em pauta na ALEMS, defendendo os seus direitos e o combate aos crimes de violência doméstica”.

Em relação à exigência legal para o cumprimento de 30% de candidaturas femininas, Mara Caseiro disse que isso é um incentivo para que as mulheres participem mais do processo eleitoral de Mato Grosso do Sul e do Brasil. “Nós defendemos que tenha uma legislação que exija não só 30% de candidaturas, mas sim um espaço nos assentos das casas legislativas, para que realmente faça cumprir a igualdade que tanto almejamos. Temos hoje um eleitorado de aproximadamente 53% de mulheres, como aceitar que uma Assembleia Legislativa tenha uma representatividade de apenas 10% de mulheres, que representam uma sociedade”.  

A deputada Mara Caseiro também tem mostrado na Casa de Leis que a mulher pode ocupar funções estratégicas, prova disso é que agora ela ocupa a presidência de uma das comissões mais importantes da ALEMS, a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), que analisa todos os projetos, dando parecer quanto aos aspectos legais e determinações constitucionais. Pela segunda vez na história da Casa de Leis a CCJR será presidida por uma mulher, a primeira foi Celina Jallad.

“É uma satisfação ocupar a presidência da CCJR, fruto de um árduo trabalho ao longo dos mandatos. Sei que é muita responsabilidade, mas podem ter certeza que vamos desempenhar um trabalho de qualidade e celeridade para atendermos os anseios da sociedade em parceria com todos os membros que compõem essa comissão tão importante”, pontua a parlamentar.

Ouça a entrevista completa,