segunda-feira, 26/02/2024

ALEMS concede honrarias e presta homenagem à Ordem DeMolay

ALEMS concede honrarias e presta homenagem à Ordem DeMolay

Uma das maiores organizações juvenis do mundo, a Ordem DeMolay, foi homenageada na noite desta segunda-feira (24), pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), em sessão solene proposta pelo deputado Junior Mochi (MDB). Lideranças que desenvolvem diferentes ações voluntárias, filantrópicas, esportivas e sociais foram condecoradas com honraria do Poder Legislativo.

“A homenagem é uma forma de valorizar toda instituição que procura, por meio de suas ações, o desenvolvimento humano e pessoal. A Ordem DeMolay busca a formação do caráter de jovens entre 12 anos e 21 anos. Em Mato Grosso do Sul, ela existe há 40 anos. Hoje, cerca de 600 jovens participam da entidade, que já formou centenas de líderes, vários deles ocupando posição de destaque na sociedade. Tenho dois filhos pertencentes à instituição e vejo a diferença que fez na formação deles. De fato, a Ordem mostra ao jovem sua responsabilidade na construção de um mundo melhor”, destacou Junior Mochi, que é autor da , que instituiu o Dia a Ordem DeMolay no calendário cívico e cultural do Estado de Mato Grosso do Sul. O parlamentar também foi homenageado pelo Conselho Estadual da Ordem DeMolay.

Os homanegados foram condecorados com medalhas e diplomas

O grão-mestre do Grande Oriente de Mato Grosso do Sul, Bento Adriano Monteiro Duailibi, explicou que Ordem DeMolay visa formar líderes que observam importantes princípios, como honra a família e a reverência às coisas sagradas. “No pós-guerra, os jovens estavam perdidos sem a presença dos pais. Então, nasceu a Ordem DeMolay e hoje somos uma das maiores organizações juvenis do mundo. Em nosso Estado não é diferente, prova disso é a construção da primeira Sala Capitular do Centro-Oeste”, destacou Duailibi.      

Gustavo Laia Domingos Bittencourt, Alessandro Levandowski, Felipe Franco Pellisari, Lucas Salas Gurgel de Vasconcelos, Luis Fernando Saueia Marques, Paulo Ricardo Wieczorek, Victor Hugo de Andrade, Adalberto Alves de Souza Neto, José Heleriano Rodrigues de Souza, Ademar de Souza Freitas, Celestino Laurindo Junior e Bento Duailibi foram os homenageados da noite.


Luzes de refletores e de lanternas ajudaram a iliuminar o Plenário 

Durante a cerimônia, a Assembleia Legislativa ficou sem luz. Mesmo no escuro, o deputado Mochi optou em dar continuidade à sessão solene, com a ajuda das lanternas dos aparelhos celulares e os refletores dos cinegrafistas da .   “Esta solenidade ficará marcada para o resto de nossas vidas. É um exemplo que não devemos esmorecer nas dificuldades e sempre buscarmos forças para todos os obstáculos. Através dos anos, a Ordem tem prestado importantes serviços à comunidade, principalmente, na formação dos nossos jovens, que são transformados em bons filhos, bons pais, bons esposos e, por fim, em bons cidadãos. Hoje, percebemos a necessidade que tem a Ordem DeMolay na sociedade ao assistirmos ataques em escolas por jovens que se enveredam ao mau caminho”, ressaltou o grã-mestre da Grande Loja Maçônica do Estado, Ademar Freitas, que falou em nome dos homenageados.

História – Jacques DeMolay foi quem deu o nome a Ordem. Expedicionário das Cruzadas, no século XIV, ele preferiu morrer na fogueira a trair o juramento que fez aos seguidores. Do seu exemplo, a organização prega a importância da honestidade, da lealdade e do amor fraterno.

A instituição busca a formação de caráter de jovens do sexo masculino, para que ao atingir a maioridade, possam contribuir com a comunidade na qual estão inseridos. A organização está presente no Brasil com mais de 85 mil membros filiados.

A solenidade teve a participação do Coral da ALEMS, sob a coordenação de Marlene Figueira da Silva e regência do amestro Nillo Cunha, com as músicas Cuitelinho e Regalo de amor.