segunda-feira, 26/02/2024

VI Semana Municipal Antidrogas tem palestras com alerta sobre uso de drogas entre adolescentes

VI Semana Municipal Antidrogas tem palestras com alerta sobre uso de drogas entre adolescentes

Campo Grande, 15/06/2023 às 18:04

A abertura da VI Semana Municipal Antidrogas, aconteceu na tarde desta quinta-feira (15), no Cefor (Centro de Formação Lúdio Martins Coelho), na Secretaria Municipal de Educação (SEMED), com alerta a pais de alunos sobre o crescente número de uso de drogas entre adolescentes em todo o país.

A abertura contou com a presença do secretário municipal de Educação, Lucas Henrique Bitencourt e presidente da Comad (Conselho Municipal Antidrogas). “Nossos alunos são nossos bens mais preciosos e enquanto escolas e SEMED, precisamos estar sempre com as portas abertas, olhos e ouvidos atentos”.

A palestrante Nelis Vieira, gerente de ações preventivas da Guarda Civil Metropolitana (GCM), explica que 4.200 alunos da REME (Rede Municipal de Ensino) de Campo Grande foram alcançados com palestras preventivas este ano. “Estamos sempre orientando para que os adolescentes não se envolvam nesse mundo. Temos o projeto Escola Segura que trabalhamos com palestras durante o ano todo, além da Ronda Escolar”.

Segundo a secretária-executiva da Comad, Vera Gomes, a abertura da VI semana é para conscientizar alunos e pais sobre o uso de drogas. “A semana é contemplada com ações educativas, com o apoio da GCM e Prefeitura de Campo Grande”.

O secretário de Saúde de Campo Grande, Sandro Benitez falou sobre os números alarmantes do uso de drogas. Na Capital, são 1.500 usuários de drogas morando nas ruas. “Em 2010, a principal causa de mortes por intoxicação no Brasil era causada por remédios. Em 2020, houve mudança no perfil e a overdose por drogas mata mais que intoxicação de medicamentos e picadas de bichos peçonhentos como o escorpião”.

Junto com a abertura da VI Semana Municipal Antidrogas, aconteceu a premiação do 10º concurso de cartazes, que contou com a presença de alunos das escolas participantes. O prêmio será um celular para os três primeiros colocados que apresentarem o melhor cartaz com o tema: “Drogas: prevenção ainda é a melhor estratégia, nossas crianças e jovens longe das drogas! ”.

Juliana Silva Acosta, estudante do 9º ano da Escola Municipal Irene Szukala, de 14 anos, conquistou o primeiro lugar no concurso. Orgulhosa, ela explica o desenho. “A montanha representa a família, amor, cuidado e a menina pendura segurando na mão representa ela saindo das drogas, que é o poço”.

Segundo a diretora-adjunta da Escola onde Juliana estuda, Marilene Rodrigues Araújo, é uma grande honra uma aluna ganhar um destaque como esse. “Tivemos dez alunos inscritos, o envolvimento todo da direção, coordenação, professores e é um orgulho termos uma aluna da nossa escola como primeira colocada neste concurso”.