quinta-feira, 25/04/2024
UEMS 30 anos: Governo de MS garante R$ 17 milhões em investimentos para a universidade

O Governo de Mato Grosso do Sul anunciou nesta segunda-feira (17) um investimento de R$ 17 milhões na UEMS (Universidade do Estado de Mato Grosso do Sul), que este ano completa 30 anos de criação.

A instituição, que está presente em 28 municípios do Estado – com 15 unidades universitárias e 13 polos de educação a distância -, deve atingir (em 2023) aproximadamente 22 mil profissionais formados em diversas áreas do conhecimento, desde a sua fundação. Atualmente a universidade oferece 90 cursos de graduação e pós-graduação, com 2,5 mil novas vagas a cada ano.

O evento de lançamentos e entregas para a UEMS foi realizado hoje na sede da instituição em Dourados, com a presença do governador Eduardo Riedel, vice-governador José Carlos Barbosa, os secretários Eduardo Rocha (Casa Civil) e Hélio Peluffo (Seilog), além do reitor da universidade, Laércio Alves de Carvalho, o prefeito de Doudados, Alan Guedes, e outras autoridades estaduais e municipais.

“Temos como prioridade, desta gestão, fomentar o ambiente da educação, ciência, tecnologia e inovação. Não consigo enxergar uma sociedade que avança sem ter junto uma base sólida do sistema educacional”, afirmou o governador Eduardo Riedel.

Uma das ações formalizadas foi a equiparação de bolsas e auxílios dos acadêmicos da UEMS, com valores aplicados pela CAPES/CNPQ/Fundect, proporcionando a permanência na universidade. O investimento é de R$ 8 milhões, contemplando mais de 2 mil estudantes.

As bolsas de pós-graduação oferecidas pela Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul) para fomento de pesquisas e projetos científicos, tecnológicos e de inovação foram reajustadas pelo Governo do Estado no início de março, seguindo o acréscimo realizado pelo Governo Federal nas bolsas ofertadas pela CAPES e pelo CNPq.

Também foram entregues cartões aos pesquisadores contemplados por meio da parceria do Governo sul-mato-grossense, Semadesc (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação) e Fundect, que apoia projetos de pesquisa e inovação. O projeto atende 35 docentes, que são doutores e efetivos da instituição, com total de R$ 2 milhões.

“O UEMS na Comunidade é o nosso maior programa de extensão e vamos levar ensino e pesquisa para os 79 municípios do Estado”, afirmou o reitor Laércio de Carvalho.

Outra ação foi a entrega de duas vans e dois ônibus do Programa UEMS na Comunidade, para realização de ações de extensão e de cultura nos 79 municípios do Estado. O investimento de mais de R$ 3 milhões tem apoio do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) e contrapartida do Governo de Mato Grosso do Sul.

“Eu fiz parte da primeira edição do programa UEMS na Comunidade, como acadêmico. A UEMS é uma universidade do povo de Mato Grosso do Sul e tem garantido a interiorização da ensino superior no nosso Estado”, disse Alan Guedes.

Governador chega para solenidade em ônibus da UEMS, ao lado de outros autoridades

Natalia Yahn, Comunicação Governo de MS
Fotos: Saul Schramm