terça-feira, 28/05/2024
Sejusp inicia trabalhos para criar a Escola Superior de Segurança Pública

Em breve Mato Grosso do Sul irá contar com uma Escola Superior de Segurança Pública, para formação acadêmica dos integrantes da segurança pública do estado. Uma resolução publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), desta quarta-feira (9), instituiu um Grupo de Trabalho, com a finalidade de estudar a viabilidade técnica e econômica da nova instituição de ensino.

Conforme o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, a ideia é estudar a viabilidade econômica e técnica, de criar a instituição e assim aperfeiçoar a segurança pública. “Queremos produzir ciência e subsidiar as decisões políticas”, enfatiza.

Preside o novo Grupo de Trabalho o superintendente de Segurança Pública da Sejusp, delegado Tiago Macedo dos Santos. O GT é composto ainda por integrantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Perícia Criminal e professores doutores da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. “A UEMS vai nos ajudar com o conhecimento técnico a respeito do tema”, lembra Videira.

Segundo o secretário de Segurança, a Escola Superior da Segurança Pública deve ser erguida na região do Parque dos Poderes, com recursos oriundos de emendas parlamentares, sendo que o valor total está sendo definido.

A Escola Superior de Segurança Pública deverá atender as demandas de ensino superior, pesquisas científicas e cursos de extensão de interesse da segurança pública estadual. O Grupo de Trabalho tem 180 dias para concluir o estudo de viabilidade da instituição.

A Resolução Sejusp 971 que institui o Grupo de Trabalho está publicada no Diário Oficial do Estado de hoje (9) e pode ser acessada clicando aqui.

Joelma Belchior – Comunicação Sejusp