terça-feira, 27/02/2024

Publicada no Diário Oficial a relação nominal de inadimplentes do Censo

Publicada no Diário Oficial a relação nominal de inadimplentes do Censo

Com a publicação da lista nominal dos segurados do MSPrev e SPSM inadimplentes em relação ao Censo Previdenciário, em suplemento da edição de hoje do Diário Oficial do Estado, tem início a nova fase para regularização no que diz respeito a 3.879 beneficiários do Regime Próprio de Previdência Social de Mato Grosso do Sul, ou seja 5,7% que não realizaram ou não concluíram a atualização dos dados.

A regularização deverá se dar, preferencialmente, de forma on-line. Entretanto, os segurados ativos do Poder Executivo que não tiverem condições de acessar essa modalidade, deverão comparecer à respectiva Unidade de Gestão de Pessoas do órgão ou entidade de lotação, no período das 8 horas às 17 horas, munidos de todos os documentos.

Por outro lado, os aposentados e pensionistas, incluídos os militares da reserva remunerada, os reformados e os pensionistas por morte, deverão comparecer à sede da Ageprev, localizada à Avenida Mato Grosso, n. 5.778 – Bloco I, Bairro Jardim Veraneio, em Campo Grande – MS, no período das 7 horas e 30 minutos às 16 horas e 30 minutos, também munidos de todos os documentos.

De acordo com o que estabelece o Edital de Convocação, os segurados passam a ter prazo improrrogável de, no máximo, 30 dias, para se recadastrarem. Aqueles que não o fizerem terão suspensos os rendimentos líquidos referentes ao mês de julho. Entretanto, os consignados (empréstimos, planos de saúde e sindicatos/associações) serão pagos.

Os que, passado esse prazo, ainda permanecerem irregulares terão, como consequência, a suspensão total dos rendimentos referentes ao mês de agosto – incluindo consignados.

Visando atender os segurados que, por alguma razão, deixaram de atualizar as informações pessoais, o sistema do Censo já se encontra disponível para que os inadimplentes possam atualizar os dados.

Na reunião, foi apresentado o quadro quantitativo de segurados do MS Prev e do SPSM que não fizeram o Censo Previdenciário, tendo como referência a data de encerramento do processo., que ficou assim distribuído:

Vários pontos fizeram parte da pauta tendo ficado acordado que a liberação do pagamento líquido suspenso se dará logo que o segurado regularizar. O diretor – presidente da Ageprev, Jorge Martins, decidiu que vai alinhar com a Secretaria de Fazenda (Sefaz) para que os pagamentos sejam feitos de acordo com essa previsão verificada na reunião, de tal forma que o segurado que fizer o Censo não fique vários dias com seu vencimento líquido bloqueado, ou seja, que haja prioridade máxima para os pagamentos.

Por sua vez, o diretor de Gestão da Informação João Ricardo Dias de Oliveira, informou que vai enviar para a Secretaria da Administração (SAD ) a relação dos inadimplentes para que eles façam integração com o Portal do Servidor, de forma que o sistema possa avisar os segurados que ele precisa fazer o Censo.

Para acessar a relação dos segurados (ativos, aposentados, em reserva remunerada, reformados e pensionistas por morte) inadimplentes, clique aqui.

Waldemar Hozano, Ageprev

Foto: Ageprev