quarta-feira, 21/02/2024

Primeiro da família com curso superior, Alisson se formou em Direito com apoio de programa do Governo

Primeiro da família com curso superior, Alisson se formou em Direito com apoio de programa do Governo

O tão sonhado diploma de curso superior parecia bem pouco provável para o amambaiense Alisson Rodrigues. Olhando para o histórico familiar, quando ninguém próximo ainda tinha conquistado o feito, o sonho se tornava ainda mais distante. Mas com o apoio do Vale Universidade, programa do Governo do Estado, sua realidade foi transformada e o desejado diploma chegou.

“Eu devo isso ao Vale Universidade. Se não fosse o Vale Universidade, dificilmente eu teria um curso de graduação”, conta o hoje advogado de 31 anos sobre o programa gerenciado pela Sead (Secretaria de Estado de Assistência Social e dos Direitos Humanos).

A trajetória de Alisson se deu, em grande parte, na cidade de Naviraí, município distante 360 quilômetros de Campo Grande, quando chegou com apenas 10 meses de vida. E 2015 foi o ano chave na sua vida. “Eu trabalhava na cidade de Naviraí, aos 23 anos, numa loja de confecção, e tinha uma amiga que me falou do Vale Universidade. Daí fiz minha inscrição. Eu tinha o desejo de fazer uma faculdade, mas não tinha como arcar com os custos”.

Com o perfil socioeconômico para o programa, ele se inscreveu e foi habilitado como beneficiário. Em julho daquele ano, sozinho, se mudou para Dourados. “Vim sozinho para Dourados, sem minha família e com aluguel para pagar”, relata.

“Comecei o estágio, parte obrigatória do programa, na Procuradoria Geral do Estado e conclui na Defensoria Pública do Estado. Muito do que me formou como profissional, devo a esses locais, aos profissionais que ali trabalham, pois me acolheram muito bem”.

Alisson Rodrigues: “os servidores do Vale Universidade viveram esse sonho junto comigo”

Alisson enaltece a parte social do Vale Universidade que coloca que não tem condições econômicas na faculdade. “Essa parte social, de colocar as pessoas que não tem condições colocar na universidade faz parte de uma troca, que recebemos uma oportunidade e damos o nosso melhor enquanto beneficiário. É completo”.

O advogado diz ainda que a oportunidade que teve mudou não só sua história, mas de uma família. “Isso também incentivou outras pessoas da minha família a fazerem uma graduação. O meu exemplo”, afirma, registrando também que sua realidade econômica mudou, conquistando sua casa e seu carro com o trabalho na área jurídica.

Planos para o futuro – afirma o jovem advogado – são de mais trabalho e poder de alguma forma ajudar também ao próximo, assim como a oportunidade dada a ele. “Sempre fui muito ativo no programa e os servidores do Vale viveram esse sonho junto comigo, dando todo o apoio necessário na minha caminhada para que se tornasse realidade. Vou levar isso para a vida”, conclui.

Leomar Alves Rosa, Sead

Fotos: Monique Alves