sexta-feira, 24/05/2024
Prefeitura promove lançamento da Oficina “Dança para Todos”

Campo Grande, 10/03/2023 às 16:25

A Prefeitura de Campo Grande através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur), realizou nesta sexta-feira (10), o lançamento da oficina “Dança para todos”.

O projeto, que tem início a partir deste sábado (11), vai contemplar crianças e adolescentes de 10 a 18 anos, de cinco regiões da Capital com objetivo de possibilitar a vivência da arte da dança de forma prática por dez meses. As modalidades oferecidas pelas oficinas serão dança contemporânea, dança de rua, dança do ventre, dança de salão e dança de salão inclusiva.

O evento contou com apresentação de dança de salão com Junior Rodrigues e Priscila Veiga e do maestro e violinista Rafael Fontinele, além de alunos e diretores de escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme) e dos professores que irão lecionar as aulas: Junior Rodrigues (dança de salão inclusiva), Juliano Cândia Pedrozo (dança de salão), Thiago Viegas (dança contemporânea), Leonardo Lopes (dança contemporânea), Irineu Junior (dança de rua), Tainara Freitas (dança de rua), Dreyzzy (dança de rua), Ildiane Batista (dança de rua), Amanda Pires (dança do ventre) e Paloma Caroline (dança do ventre).

Na ocasião, Mara Bethânia Gurgel, secretária municipal de Cultura e Turismo, pontuou que através de ações como o “Dança para Todos” a arte e a cultura chegam a todos os pontos da cidade. “É um compromisso da nossa gestão levar a arte a lugares em que antes, a mesma não chegava. Os professores deste projeto têm conhecimento e experiência gigantescos e levaremos além da arte, qualidade no ensino dessas modalidades para essas crianças e adolescentes. Queremos que estes jovens sintam vontade de se aperfeiçoar ainda mais e quem sabe um dia, tornarem-se professores de dança também”, afirmou.

O professor de dança de salão inclusiva, Junior Rodrigues, está ansioso pelo início das aulas. “A expectativa é imensa, especialmente porque a minha modalidade, a dança de salão inclusiva, proporciona tudo de bom para a vida das pessoas com deficiência. Promove qualidade de vida, interação, trabalha a auto estima. Quero além das aulas, proporcionar o bem-estar para cada um dos meus alunos”, pontuou.

As oficinas de “Dança para Todos” também serão complementadas com atividades teóricas que estimularão os princípios de cidadania e noções de composição para dança. Ao final das oficinas, será realizado um espetáculo de encerramento que contará com a apresentação das composições coreográficas criadas durante o período de aulas.