sábado, 2/03/2024

Pesquisadores chineses comprovam presença de oceano em Marte

 Pesquisadores chineses descobriram evidências diretas que comprovam a existência de um antigo oceano na planície norte de Marte, de acordo com a Universidade de Geociências da China, em Wuhan.

   Estudos anteriores encontraram evidências de uma grande quantidade de líquido nos primórdios de Marte, mas os argumentos permaneceram controversos devido à falta de análise in situ.

   Uma equipe de pesquisa liderada por Xiao Long, professor da referida universidade, analisou os dados científicos da câmera multiespectral do rover de Marte Zhurong, e encontrou pela primeira vez evidências petrológicas de rochas sedimentares marinhas na superfície de Marte, de acordo com um artigo de pesquisa publicado na revista National Science Review.

   “Quando olhamos para as imagens da câmera a bordo do rover, descobrimos que as estruturas de estratificação de rochas expostas são significativamente diferentes das rochas vulcânicas comuns na superfície de Marte, bem como as estruturas de estratificação formadas por areias eólicas”, disse Xiao.

   Ele acrescentou que as características de fluxo bidirecional indicadas pelo conhecimento de estratificação eram consistentes com os fluxos de maré de baixa energia no ambiente oceânico litorâneo e raso da Terra.

   Os resultados do estudo forneceram suporte direto para a existência de um antigo oceano em Marte.