terça-feira, 28/05/2024
No Dia Mundial de Conscientização do Autismo, Bioparque realiza visitação inclusiva

O Dia Mundial de Conscientização do Autismo, celebrado neste domingo (2), foi especial para 450 famílias que puderam visitar o Bioparque Pantanal, em Campo Grande. Ícaro Messa, 3 anos, foi com os pais Andressa Reis e Márcio Rodrigo Messa, pela primeira vez ao local e ficou encantado com os animais. “Ele amou, não ficou incomodado com quase nada, foi muito divertido para ele e para nós”, disse Andressa.

A visita foi específica para pessoas – a maioria crianças e adolescentes – que têm TEA (transtorno do espectro autista) e seus familiares. “A gente já tinha tentado vir antes, mas achamos melhor não fazer o passeio, por conta de possíveis filas e outras coisas. Mas hoje foi muito rápido e sem a necessidade de esperar nada, chegamos e entramos”, explicou Márcio Rodrigo.

Diego e Sandra no Bioparque Pantanal

A organização para receber os visitantes com autismo incluiu também a distribuição de abafador de som, que foi essencial para o sucesso do passeio de Diego, de 7 anos, e da mãe dele, Sandra Rodrigues dos Santos. “A gente já tinha vindo outro dia para visitar, mas não tivemos muito sucesso, ele ficou incomodado com o barulho. E hoje o abafador salvou nosso passeio. Eu não sabia que teria, eles emprestaram e foi surpreendente ter disponível, ajudou para que ele ficasse regulado. Hoje ele conseguiu curtir e aproveitou”.

O passeio para o público de pessoas com TEA no Dia Mundial de Conscientização também foi elogiado. “Acho super importante, é o momento de sensibilizar e conscientizar a sociedade, de ter esses eventos específicos para eles. Eu fico super feliz de participar, me sinto valorizada”, afirmou Sandra.

“Peixe”, foi o que Beatriz Castro, 8 anos, mais gostou de ver no Bioparque e conseguiu verbalizar quando foi questionada. “É importante a inclusão, precisamos bastante desse olhar específico para o autista. A gente sofre muita dificuldade no dia a dia com eles e quando faz um evento específico é quando conseguem ter liberdade de expressão, ficar à vontade. Ficamos muito felizes de saber que nossos filhos são bem recebidos e dessa forma acolhedora”, afirmou Ana Paula Castro, mãe de Beatriz.

Ícaro ao lado do governador Eduardo Riedel, sob o olhar atento do pai, Márcio Rodrigo

O governador Eduardo Riedel e a primeira-dama Mônica Riedel acompanharam a visita ao Bioparque junto com as crianças e seus familiares, além da secretária Patrícia Cozzolino (SEAD) e a senadora Tereza Cristina. “O Ícaro até fez um novo amigo. Ele fala muito pouco, só algumas palavras e quando está em casa. Mas presta atenção em tudo”, explicou Andressa enquanto o filho, sentado ao lado do governador, ouvia atentamente sobre os peixes. “Além de ser uma oportunidade para que todos tenham a possibilidade de visitar o Bioparque, é importante para garantir a inclusão das pessoas com autismo e também para que sejam bem recebidos em todo e qualquer ambiente”, afirmou o governador Eduardo Riedel.

 

“É uma ação que oportunizou a visitação a um espaço de referência em Mato Grosso do Sul que é o Bioparque, mas que também impulsiona o movimento diante da celebração do Dia Mundial de Conscientização do Autismo. A sociedade precisa e deve buscar sempre o envolvimento e refinar ainda mais o olhar diante dessas causas”, disse a secretária de Estado de Assistência Social e dos Direitos Humanos, Patrícia Cozzolino.

Além da troca de experiências e de informações sobre o espectro autista, o evento proporcionou momentos de descontração em um ambiente adaptado e preparado para receber crianças e adolescentes autistas. “O autista é uma pessoa e tem condições de ser incluído em todos os ambientes da sociedade. Nos fortalece e nos faz ter vontade de continuar lutando pela inclusão, que é possível e só precisa ser levada a sério. Estamos felizes porque estamos no caminho certo”, afirmou a superintendente do Terceiro Setor da Sead, Malu Fernandes.

Dia Mundial de Conscientização do Autismo

A data, celebrada no dia 2 de abril, foi estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2007, e instituído no Brasil pela Lei Federal nº 13.652/2018, com a finalidade de promover conhecimento sobre o espectro autista, bem como sobre as necessidades e os direitos das pessoas autistas.

ATENÇÃO IMPRENSA: Confira aqui o pool de imagens da visita

Natalia Yahn, Comunicação Governo MS
Fotos: Álvaro Rezende