sábado, 15/06/2024
No Centro, cortejo de artistas convida ‘respeitável público’ para Festival Boca de Cena

O circo chegou! E o teatro, também! Do alto do trio elétrico, o cortejo de artistas passou pelo Centro na tarde desta segunda-feira (27) convidando o “respeitável público” para o Festival Boca de Cena.

À frente no microfone, o ator e diretor Breno Moroni fazia anunciou a semana inteirinha de programação com atividades, espetáculos, oficinas e bate-papo, tudo sobre teatro e circo.

O Festival Boca de Cena vai passar levando alegria, arte e cultura em 20 bairros de Campo Grande, além de subir ao palco de todos os teatros da cidade. Tudo, de graça.

“Minha principal participação será organizar o espetáculo Varieté, inspirado nos cabarés antigos, com uma visão do circo e do teatro diferente do que é hoje. Resgatamos números de mágicas, acrobacias aéreas e incluímos dança clássica brasileira. Ainda terá uma banda ao vivo com diversos instrumentos”, descreve Moroni.

Peruano que mora em Campo Grande, Gabriel Alvarado é multiartista, e no Boca de Cena vai se apresentar como malabarista. No cortejo, Gabriel relembrou o quanto o ritual é importante.

“Isso aqui que estamos fazendo é milenar. Vem das épocas em que o ser humano estava se entendendo e começando a pensar. É um ritual que nós temos que ter respeito”, pontua.

Diretor do New York Circus, Wagner Perez estava com a família toda apresentando a magia da arte circense. “Para nós é uma alegria muito grande, primeiro que a gente sente aquela emoção de sermos lembrados pela nossa cultura, e isso nos deixa muito feliz, fazendo com que a população possa ver a cultura do circo”.

Bloco passou pelo Centro de Campo Grande nesta segunda-feira

E dentro do Boca de Cena tem também espaço para o forró. Rubens Grilo, do Bloco Forrozeiros MS, chegou a se emocionar ao falar da junção do estilo com teatro e circo. “É uma alegria imensa ver o forró no meio do circo. Fica muito, muito emocionado de colocar isso tudo aqui, e a gente mostrar que existe forró no Estado”.

Pelas ruas, não teve quem não olhasse o trio passar no cortejo. Quando ouviu o “respeitável público”, a estudante de Publicidade e de Teatro, Luana Freitas de Alencar, parou na hora para acompanhar.

“Eu já sabia que ia ter, porque faço teatro, é muito bom ver festivais assim, e tem melhorado bastante nos últimos tempos”, afirma.

A interação de Danielle Ávalos com o cortejo foi de sorrisos e acenos. Pedestre, ela caminhava pelo Centro quando foi abordada pela alegria. “Adoro a simpatia, o jeito que eles brincam, sorriem, chamam a atenção”, diz.

Boca de Cena

Entre os dias 27 de março e 1º de abril, Campo Grande vai respirar teatro e circo. A Boca de Cena – Semana de Teatro e Circo de Mato Grosso do Sul apresentará peças teatrais gratuitas em todos os cantos da cidade.

Serão de cinco a sete apresentações por dia em bairros, escolas, universidades, praças e teatros, de grupos da Capital, do interior de Mato Grosso do Sul e de São Paulo e Rio de Janeiro.

Confira toda a programação clicando aqui: 

Paula Maciulevicius, Comunicação Setescc
Foto: Matheus Carvalho, Setescc