quinta-feira, 23/05/2024
Municípios do Sul de MS devem receber primeiras usinas de energia solar através de PPP

Representantes do Governo do Estado e da HCC Energia Solar se reuniram nesta segunda-feira (13) para alinhar a execução do cronograma de instalação das centrais de energia elétrica fotovoltaica em Mato Grosso do Sul. A empresa firmou PPP (Parceria Público-Privada) com o Estado para abastecer com energia limpa e renovável mais de mil prédios públicos estaduais, como escolas, batalhões de polícia e unidades do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito), entre outros.

Hélio Peluffo e Eliane Detoni conversaram com representantes da HCC Energia Solar 

A expectativa é de que as primeiras usinas sejam construídas em municípios do Sul do Estado, explicou o gestor de projetos da empresa, João Alberto Machiavelli. “A ideia é que a gente inicie obras de duas áreas entre março e abril. Os dois municípios que têm grandes chances de serem os primeiros a entrarem nesse primeiro bloco de projetos são Angélica e Glória de Dourados”, adiantou.

A lista completa das cidades onde serão instaladas as centrais de energia elétrica fotovoltaica será fechada pela empresa até o final do mês de abril. Após a conclusão e aprovação do cronograma de instalação, a Seilog será a secretaria que vai acompanhar a execução contratual da PPP, explicou a secretária especial do EPE (Escritório de Parcerias Estratégicas) da Segov (Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica), Eliane Detoni, que foi responsável pela elaboração da PPP.

“Nessa reunião de hoje fizemos a entrega formal do contrato da PPP para a Seilog. Passamos os principais detalhes do projeto e apresentamos as providências que a Seilog precisa tomar. E nas próximas semanas a empresa concessionária HCC irá apresentar esse cronograma de execução que deve ser aprovado para depois ser acompanhado”, destacou Detoni.

Peluffo: “estamos avançando para atender 1.434 unidades do governo com essa energia”

Para o secretário Hélio Peluffo, da Seilog, “o Governo está avançando na geração de energia limpa e renovável”. “Teremos um selo verde em todo o Estado. Estamos avançando para atender 1.434 unidades do governo com essa energia, sob a responsabilidade da Seilog”, ressaltou. Os pontos de atendimento vão abranger 96% dos prédios do Detran-MS; 95% das unidades da Polícia Militar; 95% da Polícia Civil; 97% do Corpo de Bombeiros e 79% das escolas estaduais.

Os investimentos previstos na PPP para o suprimento de energia limpa e renovável às unidades administrativas estaduais totalizam R$ 134 milhões. Serão aplicados R$ 80 milhões na implantação da infraestrutura das Centrais de Energia Fotovoltaica e R$ 54 milhões na operação e manutenção.

Ao término do contrato, os bens integrantes das usinas a serem implantadas retornarão ao Estado.

Além de Peluffo, Detoni e Machiavelli, participaram da reunião integrantes a diretora de Estruturação de Contratos e Arranjos Institucionais, Gabriela Rodrigues, a diretora Técnica-Operacional, Juliana Pegolo, o diretor Econômico-Financeiro, Rédel Neres, e a coordenadora de Engenharia, Roberta Katayama, ambos do EPE; e assessor da Seilog, Onofre Assis de Souza.

Bruno Chaves, Comunicação Seilog/Agesul
Fotos: Chico Ribeiro
Foto capa: Edemir Rodrigues/Arquivo