sexta-feira, 24/05/2024
MSGAS registra expansão de 386% do número de unidades consumidoras

Alta demanda por condomínios turbina consumo de gás natural em Campo Grande

Com o aumento da procura por moradia de qualidade e segurança em Campo Grande, o mercado imobiliário vem atravessando período de expansão com a construção civil aquecida, em especial puxado pelos condomínios verticais e horizontais. De carona, essa onda favorável vem estabelecendo ambiente de mercado competitivo, com aumento da oferta do gás natural.

Em quase uma década, a demanda cresceu 386%, saltando de 2.985 unidades consumidoras registradas em 2014, para 14.524, ano passado. O saldo, de acordo com o presidente da MSGAS, Rui Pires dos Santos, evidencia a importância dessa fonte de energia segura e confiável para as famílias campo-grandenses.

Expansão de condomínio verticais e horizontais impulsiona número de clientes da MSGAS- Foto Divulgação

Para o presidente do Secovi (Sindicato da Habitação de Mato Grosso do Sul), Geraldo Barbosa de Paiva, a expansão do gás natural está diretamente relacionada com duas importantes questões que precisam ser levadas em conta na hora de escolher moradia: segurança e confiança. 

“Nós sabemos que a maioria dos acidentes registrados com incêndios e explosões está ligado ao gás GLP. Algumas pessoas não sabem instalar direito, não conhecem o processo de prevenção e isso pode causar uma série de acidentes graves, o que não acontece com o gás natural”, enfatizou. 

Falando em confiança, o presidente do Secovi lembra que, com o gás natural, as pessoas não estão suscetíveis ao incômodo de estar cozinhando e acontecer de acabar o gás, por exemplo. “Isso causa uma certa frustração, um estresse desnecessário em quem está ali, na operação da culinária do seu lar”, salientou.

Com a desaceleração da economia durante a pandemia da Covid-19 no final de 2022, novos projetos saíram do papel e vêm consolidando o mercado cada vez mais promissor, impulsionado pela chegada de grandes incorporadoras, que estão apostando em plantas inovadoras na construção de condomínios-clubes oferecendo gama de serviços para seus clientes. 

Com a construção desses empreendimentos, cada vez mais famílias estão sendo atraídas para um estilo de vida seletivo, que combina segurança, lazer e conforto dentro de seu condomínio. São áreas de lazer com campo de futebol, quadras de vôlei, tênis e futebol de salão, academias, salão de festas, sauna e piscina.

Exemplo do Condomínio-Clube Vitalitá,, localizado na região do Sóter. Com cerca de 2,5 mil moradores divididos em 768 apartamentos, o conjunto de torres oferece de tudo para garantir o conforto das famílias.  De acordo com o síndico e morador, Luiz Fernando Villar, o fato de o condomínio ser abastecido de gás natural faz com que a questão da segurança esteja totalmente presente. 

“Quando eu vim para cá, há seis anos e vi essa instalação, achei muito positivo. O sistema traz a obrigatoriedade de manutenção, o que torna tudo mais seguro. Com o outro tipo de gás, que fica armazenado em botijões, sempre tem o risco de vazamento, é muito mais perigoso. O gás encanado é um serviço prático e seguro”, afirmou. 

As incorporadoras estão apostando cada vez mais em projetos modernos para atrair clientes que buscam cada vez mais fugir da violência e do cotidiano rotineiro casa-trabalho-casa. Para a diretora administrativa e financeira da HVM Incorporadora, Alice Bueno, a busca por inovação e tecnologia tem sido algo bastante comum hoje em dia, inclusive no segmento imobiliário. E para essa nova realidade, as incorporadoras têm buscado incluir no portfólio, imóveis que possam atender esse novo perfil, e que unam inovação, tecnologia, segurança e sustentabilidade.

De acordo com Alice, um dos itens que compõem essa diferenciação é a utilização do gás natural. “Nós aqui da HVM, utilizamos o gás natural em todos os nossos empreendimentos, pois além de ser muito seguro, não há desperdício, havendo o aproveitamento total do gás e gerando muito menos resíduo, tornando seu impacto ambiental também muito menor”, concluiu. 

A expansão do gás natural residencial é resultado da consolidação de Campo Grande como um destino cada vez mais desejado para aqueles que buscam um estilo de vida de qualidade em um ambiente seguro, confortável e confiável para suas famílias.

A expansão do mercado imobiliário tem impactos positivos na economia da cidade, gerando emprego, renda e movimentando o comércio local. Com a demanda crescente por moradias de qualidade, a tendência é que a expansão do uso de gás natural residencial na cidade continue nos próximos anos, impulsionando ainda mais o desenvolvimento econômico e social de Campo Grande (MS).

O gás natural é uma fonte de energia limpa e segura, que oferece uma série de vantagens em relação a outras fontes de energia. Ao contrário do GLP, o gás natural é transportado através de tubulações subterrâneas, o que reduz significativamente o risco de vazamentos e explosões. Além disso, é mais leve que o ar, o que significa que, em caso de vazamento, ele se dispersa rapidamente, minimizando os riscos para os moradores.

Sobre a MSGÁS

Criada em 27 de maio de 1998, a MSGÁS é uma empresa de economia mista, composta pelo Governo do Estado que detém 51% das ações e pela Commit Gás S.A., com 49%.  A companhia é responsável pela distribuição de Gás Natural canalizado de Mato Grosso do Sul, com rede de 436 quilômetros, atendendo 14,5 mil unidades consumidoras nos segmentos termelétrico, industrial, veicular, comercial, residencial e cogeração. Hoje, a companhia compõe a estrutura da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação.

MSGÁS