quinta-feira, 25/04/2024
Manutenção em pontos críticos das rodovias MS-213 e MS-162 garante escoamento da safra

Devido às constantes chuvas que caem no Estado desde o início do ano, a Seilog (Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística) e a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) trabalham na recuperação de pontos críticos das rodovias estaduais de Mato Grosso do Sul para garantir a trafegabilidade durante o escoamento da safra, dar melhores condições de trabalho aos produtores rurais e melhorar a segurança de motoristas e passageiros.

Rodovias pavimentadas e não pavimentadas recebem as ações de manutenção e conservação da Agesul e também de empresas prestadoras de serviço.

Neste fim de semana, no Norte do Estado, a MS-213, que liga Sonora a Mato Grosso, recebeu serviços de reconformação e patrolamento. Considerada estratégica para o escoamento da produção local, a rodovia atende toda a região produtora, com expressivo cultivo de cana de açúcar, soja, milho e eucalipto, além de gado.

Rodovias estão sendo preparadas para o grande fluxo do período

No Sul do Estado, na MS-145, em Jateí, foram feitas ações de recuperação de aterro. Na MS-162, na região da Picadinha, entre Dourados e Itaporã, equipes trabalharam no encascalhamento das cabeceiras do Córrego Peróba, onde produtores rurais auxiliaram com fornecimento de cascalho para melhorar a cabeceira da ponte de madeira e o transporte na região.

“Vamos continuar atuando nesses pontos críticos para garantir o transporte com segurança neste início de safra, que é tão importante para a economia de Mato Grosso do Sul”, destacou o secretário Hélio Peluffo, da Seilog.

Bruno Chaves, Comunicação Seilog/Agesul
Fotos: Agesul