sábado, 13/04/2024

D. Cyrilo de Paula Freitas, bispo de Corumbá, ascende à paróquia a capela de Santo Antônio de Campo Grande, com os limites dilatados a Camapuã e Bataguassu. O primeiro pároco foi o padre diocesano, José Joaquim de Miranda, que por sua “afeição aos assuntos da política local é destituído do cargo, ao qual não abdica. Apenas deixa a paróquia quando, em 16 de julho 1916, é assassinado por um grupo de pistoleiros em sua própria casa.”
O primeiro pároco, José Joaquim de Miranda foi substituído na direção da paróquia pelo padre Mariano
 João Alves.

FONTE: Cleonice Gardin, Campo Grande, entre o sagrado e o profano, Editora da UFMS, Campo Grande, 1999, página 107.