sexta-feira, 24/05/2024
Governo estuda melhorias em cestas alimentares entregues aos indígenas de MS

O Governo do Estado estuda melhorias nas cestas alimentares, que são entregues aos povos indígenas. A informação foi repassada pela titular da Sead (Secretaria de Estado de Assistência Social e dos Direitos Humanos), Patrícia Cozzolino. Entre as mudanças está a inclusão de produtos étnicos, aumento de quantidade, transparência das embalagens e canal de denúncias quanto a qualidade dos produtos. 

Secretária Patrícia Cozzolino

O programa de Segurança Alimentar entrega aproximadamente 20 mil cestas alimentares para a população indígena de MS. Conforme a secretária, as mudanças nas cestas alimentares são pensadas para a melhoria do programa e também visam a qualidade dos produtos entregues. 

“Estamos trabalhando para que essas melhorias aconteçam já na próxima licitação, com entrega no segundo semestre. Outros pontos que também estamos estudando está relacionado a quantidade de produtos presentes na atual cesta”, reforçou a secretária.

As quase 20 mil cestas alimentares, com mais de 25 quilos cada, compreendem uma ação que garante segurança alimentar aos indígenas de Mato Grosso do Sul. Cada cesta alimentar é composta por 21 itens, como por exemplo, arroz, feijão e carne.

Em 2023 devem ser entregues ao menos 238.788 cestas alimentares. A entrega é mensal e realizada por equipes identificadas. Na sua maioria, as equipes de entrega são as mesmas todos os meses, o que facilita e aproxima a relação com os beneficiários.

Leomar Alves da Rosa, Sead
Fotos: Monique Alves