quinta-feira, 23/05/2024
Fundect vai ofertar mais R$ 10,7 milhões em bolsas para pós-graduação

A Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul), em parceria com a Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior do Ministério da Educação), vai ofertar mais de R$ 10,7 milhões em novas bolsas para programas de pós-graduação em 2023. O total é referente a soma de R$ 8,8 milhões da Capes e R$ 1,9 milhão de contrapartida estadual.

“Realizamos uma articulação com o governo federal para garantir as novas bolsas, assegurando a contrapartida necessária. Nossos programas de pós-graduação já realizam ótimas pesquisas e vão ampliar o quantitativo de trabalhos de excelência com o apoio da Fundect”, explica o diretor-presidente da Fundect, Márcio Pereira.

Os recursos serão distribuídos entre PPGs (Programas de Pós-Graduação), com notas 5 e 6 na avaliação da Capes, que foram escolhidos pelas próprias universidades de Mato Grosso do Sul, nos quais as linhas de pesquisa estão alinhadas com os projetos apresentados pela Fundect, sendo eles:

1 – Bioeconomia e biotecnologia para a preservação da biodiversidade;

2 – Cidades inteligentes e sustentáveis;

3 – Novos desafios para a saúde e educação após a pandemia de Covid-19;

4 – Desenvolvimento de agronegócio diversificado e sustentável

A previsão é de que mais de 100 bolsistas recebam o benefício. O resultado ainda é preliminar, mas a destinação dos recursos já está planejada, segundo o Diretor-científico da Fundect, Nalvo Franco de Almeida Junior.

“Após a divulgação do resultado final, haverá assinatura de acordo de cooperação entre a Capes e a Fundect, para que as 44 bolsas de mestrado, as 52 de doutorado e as 12 de pós-doutorado, distribuídas dentre os 4 projetos, sejam implementadas. A distribuição das bolsas nos projetos e a escolha dos PPGs que serão contemplados foram realizadas em articulação com as pró-reitorias de cada uma das universidades do Estado”, explica.

Capes

Os recursos fazem parte do Edital Capes 38/2022 – PDPG (Programa de Desenvolvimento da Pós-Graduação) – Parcerias Estratégicas nos Estados III, que tem o objetivo de manter a qualidade e fortalecer os Programas de Pós-Graduação de mestrado e doutorado.

A ideia é fomentar, com o apoio da Capes, a formação de recursos humanos altamente qualificados, a investigação científica sobre temas considerados prioritários nos estados, além de estreitar laços entre a academia, os governos e a iniciativa privada para promover o desenvolvimento econômico e social.

Gleice Kelli Ayardes de Melo é uma das pesquisadoras apoiadas pela Fundect

Bolsistas

A pós-doutoranda Gleice Kelli Ayardes de Melo é uma das pesquisadoras apoiadas pela Fundect, em acordo similar assinado com a Capes em 2021. Ela desenvolve um projeto de sustentabilidade em Mato Grosso do Sul com o objetivo de realizar uma análise do desenvolvimento da ovinocultura (estudo pertencente à Zootecnia que trata da pesquisa e criação de ovelhas) na região Centro-Oeste, com enfoque no Estado. A pesquisadora explica que um dos diferenciais em cursar o pós-doutorado em Mato Grosso do Sul se dá pelo incentivo e pela segurança que a Fundação proporciona.

“A Fundect é um órgão que busca apoiar os pesquisadores daqui. Com a concessão da bolsa, eu posso desenvolver os estudos com dedicação exclusiva e, em troca, os resultados dessas pesquisas podem ser observados na nossa região e, assim, promover o desenvolvimento sustentável do Estado”, reitera.

Larissa Figueira dos Santos também reconhece como fundamental o amparo da Fundação em recursos e infraestrutura

Além da área de desenvolvimento de agronegócio diversificado e sustentável, o PDPG também abarca o campo da bioeconomia e biotecnologia, como é o caso do trabalho elaborado pela mestranda Larissa Figueira dos Santos, que visa estratégias assertivas no controle de qualidade de medicamentos.

Larissa também reconhece como fundamental o amparo da Fundação em recursos e infraestrutura. “O capital humano no Estado tem recebido investimentos a níveis de excelência, como mestrado e doutorado, por meio de iniciativas como as da Fundect”, exalta.

Encontro

O Seminário de Acompanhamento 2021 – Ano 1, do Programa de Desenvolvimento da Pós-Graduação (PDPG) Parcerias Estratégicas nos Estados, será realizado nesta terça-feira (14), das 14h às 16h30, de forma on-line. A gravação será disponibilizada posteriormente no canal do YouTube da Fundect.

O evento terá a participação da CAPES, junto da confirmação de 45 coordenadores, 79 orientadores, 112 bolsistas, além dos Pró-Reitores de Graduação das Instituições de Ensino Superior contempladas pelo PDPG 2021. O objetivo é apresentar os resultados obtidos com o auxílio da concessão das bolsas no edital anterior.

Texto: Paulo Ricardo Gomes (Jornalista responsável) e Larissa Adami (Estagiária), Fundect

Foto: Edemir Rodrigues