Campo Grande-MS
terça-feira, 23/07/2024

O maior prêmio de jornalismo de Mato Grosso do Sul está de volta. O Sistema Fiems lançou o Prêmio MS Industrial de Jornalismo, que irá valorizar as melhores reportagens com o tema “A indústria de MS é verde”. É o reconhecimento de quem trabalha para fazer a indústria sul-mato-grossense cada vez mais limpa, sustentável e socialmente responsável.

Diretores do Sistema Fiems e profissionais da imprensa participaram da festa de lançamento do prêmio na noite desta quarta-feira (31/05), em Campo Grande. O vice-presidente da Fiems, Crosara Júnior, destacou que o prêmio chega consolidado à sua oitava edição, e que a temática deste ano promete render excelentes trabalhos jornalísticos.

“O compromisso com a sociedade e o meio ambiente é um tema que vai ganhar cada vez mais relevância, porque as empresas não vão sobreviver se não se adaptarem a esse novo modelo de fazer negócios, sob pena de não termos mais o mundo em que a gente vive. Existe o compromisso de sermos carbono zero até 2030 e a indústria em Mato Grosso do Sul tem muitos projetos realizados nesse sentido. Acredito que muitos trabalhos interessantes serão produzidos para o prêmio”, disse Crosara Júnior.

O hall do Edifício Casa da Indústria foi transformado em boteco para recepcionar os convidados. Segundo a gerente da Diretoria de Comunicação e Marketing da Fiems, Ana Paula Dantas, o objetivo da proposta foi criar um ambiente leve e acolhedor.

“Pensamos no Botecom, que é uma forma descontraída de lançar o prêmio de jornalismo. É como se fosse um happy hour, porque jornalista gosta bastante de confraternização, desse clima de boteco. Então, juntamos boteco e comunicação para criar o Botecom. Queremos com o prêmio valorizar os jornalistas que estão na ponta, passando informações e mostrando o trabalho da indústria para toda a sociedade sul-mato-grossense”, afirmou Ana Paula.

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelo site http://premiomsindustrial.com.br/.   As reportagens poderão abordar os seguintes subtemas: agenda ESG (governança ambiental, social e corporativa), inovação, economia de baixo carbono, conservação florestal, economia circular, desenvolvimento sustentável, transição energética ou sustentabilidade industrial.

Serão aceitos trabalhos veiculados entre 5 de janeiro e 15 de setembro de 2023, em revistas, sites, jornais, rádios ou TVs sediadas em Mato Grosso do Sul.

Modalidades

Profissionais interessados em participar do prêmio poderão concorrer nas categorias Telejornalismo, Fotojornalismo, Jornalismo Impresso, Jornalismo Impresso ou Radiojornalismo. A concorrência será unificada entre Capital e interior apenas nas categorias Telejornalismo e Fotojornalismo.

Aos vencedores na modalidade Capital (categorias Jornalismo Impresso, Telejornalismo, Fotojornalismo, Radiojornalismo e Internet), serão distribuídos R$ 12 mil ao primeiro colocado e R$ 6 mil ao segundo colocado. Já para os vencedores na modalidade Interior (Jornalismo Impresso, Radiojornalismo e Internet), o primeiro colocado receberá R$ 10 mil, e o segundo, R$ 5 mil.

Haverá ainda a entrega de R$ 25 mil ao grande vencedor do Prêmio MS Industrial de Jornalismo, escolhido pelo júri dentre todas as modalidades. Confira os detalhes do regulamento no site oficial do prêmio.

Sobre o prêmio

Desde 2011 valorizando o trabalho dos profissionais da imprensa sul-mato-grossense, o Prêmio MS Industrial de Jornalismo teve sete edições realizadas. Nesse período, 378 reportagens concorreram a mais de R$ 920 mil em valores atualizados.

Serviço

Prêmio MS Industrial de Jornalismo

Inscrições: de 31 de maio a 15 de setembro de 2023

Site: http://premiomsindustrial.com.br/

* Trabalhos devem ter sido publicados entre 5 de janeiro e 15 de setembro de 2023

  • Campo Grande, 150 anos de História