quarta-feira, 21/02/2024

FAB utiliza aeroporto de Bonito para treinamento militar com participação da Guarda Aérea de Nova Iorque

FAB utiliza aeroporto de Bonito para treinamento militar com participação da Guarda Aérea de Nova Iorque

Em uma ação inédita para Bonito, a FAB (Força Aérea Brasileira) anunciou que vai utilizar o aeroporto regional da cidade para um treinamento que simula conflitos irregulares envolvendo também militares da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro, além de países parceiros, como os Estados Unidos da América. Os exercícios acontecem entre os dias 21 e 23 de agosto, sem prejuízo aos voos comerciais.

A escolha pelo aeródromo se deve à infraestrutura de padrões mundiais, que atende rigorosamente aos requisitos militares e é fruto das constantes melhorias realizadas pelo Governo do Estado, através da Seilog (Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística).

As atividades serão realizadas em dois blocos diários, sempre das 10h às 16h e das 18h às 00h, sem prejuízo aos voos comerciais. Nesses horários, os militares farão treinamentos de transporte de pessoal entre helicópteros e aviões. Eventualmente, o aeroporto poderá ser utilizado até o dia 1º de setembro, em caso de impossibilidade de outra pista próxima em receber as aeronaves.

“A escolha do Aeroporto de Bonito para o treinamento de guerra demonstra a confiança da Força Aérea Brasileira e da Guarda Aérea Nacional do Estado de Nova Iorque (New York Air National Guard) na capacidade do local em fornecer um ambiente seguro e eficiente. Isso é fruto dos investimentos do Governo do Estado, que nos últimos anos empenhou mais de R$ 2,3 milhões na modernização do aeródromo e sua infraestrutura, permitindo a operação de aeronaves pesadas de carga e de alta performance como caças. As melhorias foram pensadas para o desenvolvimento local, o turismo e os negócios. E agora refletem na melhora do sistema de defesa do nosso País”, destaca o Superintendente Viário da Seilog, Derick Machado.

Exercícios acontecem entre os dias 21 e 23 de agosto, sem prejuízo aos voos comerciais

Maior treinamento de guerra irregular da América Latina

As atividades militares em Bonito fazem parte do Exercício Conjunto (EXCON) Tápio 2023, considerado o maior treinamento de guerra irregular da América Latina. A atividade, que envolve também a Guarda Aérea Nacional do Estado de Nova Iorque, teve início em 14 de agosto e segue até 1º de setembro, tendo a Base Aérea de Campo Grande (BACG) como ponto focal.

Segundo o comandante da Base Aérea da Capital e diretor do EXCON Tápio 2023, Brigadeiro do Ar Eric Breviglieri, a atividade é um marco na agenda de treinamento da Força Aérea, uma vez que busca o amadurecimento e desenvolvimento de táticas conjuntas em um ambiente dinâmico, com grande quantidade de elementos no solo e simulação de movimentação de efetivo de Forças Oponentes.

“O EXCON Tápio promove o entendimento mútuo, a confiança e a interoperabilidade entre os participantes, convergindo esforços para o incremento da capacidade das Forças Armadas Brasileiras”, relata.

Cenário de guerra

De acordo com a FAB, o exercício conjunto é focado em treinar as capacidades das Forças Armadas operando em um cenário de guerra irregular.

Neste ano, cerca de 700 militares da FAB, Marinha do Brasil, Exército Brasileiro e países parceiros estão envolvidos nas atividades. Além dos Estados Unidos, a Alemanha tem representantes na operação. Durante o treinamento, serão empregadas em torno de 30 aeronaves, incluindo caças A-29 Super Tucano e A1-M, helicópteros H-60 Black Hawk e H-36 Caracal e os vetores E-99 e R-99.

Bruno Chaves, Comunicação Seilog
Fotos: FAB