quarta-feira, 21/02/2024

Escolas envolvidas no projeto Estudantes no Controle concluem a 3ª etapa

Escolas envolvidas no projeto Estudantes no Controle concluem a 3ª etapa

A terceira etapa do projeto Estudantes no Controle – que corresponde ao tópico Auditoria Cívica – terminou na sexta-feira (21). Das 58 unidades escolares participantes, cinco não cumpriram os requisitos necessários e foram eliminadas. As unidades estão localizadas nos municípios de Jardim, Corumbá, Bodoquena, Antônio João e Jaraguari.

O Estudantes no Controle é uma iniciativa da CGE-MS (Controladoria-Geral do Estado) em parceria com a SED (Secretaria de Estado de Educação). De acordo com o edital publicado, no DOE (Diário Oficial do Estado) esta fase do projeto corresponde a 250 pontos e consiste na realização de atividades diagnósticas em diversos locais da escola, indicando os problemas encontrados.

De acordo com o técnico em Auditoria e coordenador do projeto, Reinaldo Martins Feitosa, o empenho das equipes é importante e o diálogo entre elas e a comissão organizadora está sendo fundamental para o desenvolvimento exitoso das ações.

“As escolas estão se dedicando e, conforme as etapas do Estudantes no Controle vão evoluindo, o interesse e o envolvimento devem aumentar gradativamente. Dentro da nossa expectativa inicial, o engajamento e o comprometimento da maioria continua e isso nos deixa muito entusiasmados”, afirma.

Agora, das cinco etapas do Estudantes no Controle (Oficina de Capacitação, Teatro, Auditoria Cívica, Desafio e Tarefa Especial) faltam a execução das duas últimas para a divulgação dos vencedores.

Em relação à Tarefa Especial, a organização do Projeto definiu que o tema deste ano é “Ferramentas de Controle Social dentro da CGE-MS” e deverá ser trabalhado de 14 a 31 de agosto. Neste período, as escolas participantes produzirão material com a temática proposta divulgando no âmbito escolar – a pontuação poderá chegar até 200.

Já a fase do Desafio consistirá no desenvolvimento de ações práticas que visam corrigir os problemas levantados na terceira etapa. Os envolvidos poderão conquistar até 550 pontos e está programada para ser executada em setembro.

Karla Tatiane, CGE-MS

Foto: Saul Schramm/arquivo