terça-feira, 28/05/2024
Em abertura de mutirão, prefeita Adriane Lopes destaca trabalho de referência para pessoas em situação de rua
Foto: Karine Matos

Campo Grande, 06/03/2023 às 15:05

Com a expectativa de realizar mais de mil atendimentos durante três dias, teve início nesta segunda-feira (06), a primeira edição do Mutirão de Atendimento Especial para Pessoas em Situação de Rua (Pop Rua Jud Pantanal), que disponibiliza mais de 20 serviços à população em vulnerabilidade e situação de rua, em parceria com a Justiça Federal de MS.

O evento acontece até quarta-feira (08), na Unidade de Acolhimento Institucional para Adultos e Famílias I (UAIFA), localizada no Jardim Veraneio. Durante a abertura da ação, a prefeita Adriane Lopes falou sobre os avanços na política para as pessoas em situação de rua e lembrou a iniciativa da gestão em criar cinco unidades de acolhimento provisório durante a pandemia, instaladas em escolas da Rede Municipal de Educação (Reme).

A ação, articulada pela prefeita, tornou-se referência para outras prefeituras do país, que buscaram informações com as equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS) para implantar modelos semelhantes de acolhimentos temporários.

“Na pandemia tivemos que fazer ações rápidas e pontuais para as pessoas em vulnerabilidade social e naquele momento foi fundamental a união dos esforços de toda a sociedade e dos órgãos do Judiciário porque nossa preocupação era resguardar a saúde dessas pessoas”, disse.

Adriane Lopes ainda lembrou que, na época os públicos foram divididos em cada unidade e as equipes puderam continuar com o atendimento, incluindo os migrantes nacionais e internacionais, que tiveram a oportunidade de regularizar seus documentos.

A prefeita também ressaltou que a ação na UAIFA é o reflexo de uma parceria que foi além de um momento de crise e se tornou em um atendimento contínuo, garantindo os direitos e a dignidade dessa população. “Cada pessoa que está na fila por um atendimento hoje, tem a esperança de oportunidades que podem gerar transformação na vida deles. Quando unimos os esforços, vamos mais longe”, concluiu.

O secretário municipal de Assistência Social, José Mário Antunes, agradeceu a parceria do Exército, que providenciou as tendas e refeições oferecidas aos usuários e dos servidores da gestão, que durante o final de semana trabalharam para garantir a estrutura do evento. “Graças a parceria de todos os profissionais, secretarias e órgãos envolvidos, foi possível realizar essa grande ação, tão importante para atender os mais vulneráveis, que durante três dias terão acesso a mais de 20 serviços”, afirmou.

A presidente do Tribunal Regional da 3ª Região, desembargadora federal Marisa Santos, comentou sobre o alcance da ação. “O importante é que juntos vamos levar cidadania para muitas pessoas. Agradeço também às Ongs porque sem elas não coordenamos um trabalho como esse”, frisou.

Para a juíza federal Monique Marchioli Leite, durante os dias de evento o fundamental será o atendimento humanizado. “A empatia é que fará a diferença. É o que precisamos para transformar vidas e essa transformação começou quando todos acolhemos esse evento”, afirmou.

A procuradora-geral de Mato Grosso do Sul, Ana Carolina Garcia, que representou o governador Eduardo Riedel, pontuou que o Pop Rua Jud Pantanal incentiva a inclusão social. “É uma ação que resgata a cidadania e vai de encontro às iniciativas do Executivo Estadual, que trabalha por uma sociedade mais justa e igualitária. A integração e a cooperação são instrumentos relevantes para o fortalecimento do Estado e atendimento às necessidades da sociedade”, disse.

O deputado estadual Lídio Lopes, membro da Frente Parlamentar em Defesa da Assistência Social, ressaltou que a preocupação de todos os gestores é atender os mais vulneráveis com agilidade. “Essa gestão compartilhada de poderes é o que garante a entrega de um serviço sublime como este que está sendo oferecido em parceria com a Justiça Federal. O objetivo do Legislativo é contribuir com esse trabalho para levar atendimento de qualidade a todo Estado”, destacou.

Representando a Câmara Municipal, o vereador Paulo Lands elogiou a iniciativa da Prefeitura, por meio da Funesp, em implantar na UAIFA I, uma academia ao ar livre para os acolhidos. “Precisamos entender que a prevenção é sempre o melhor remédio e essa população agora também tem a oportunidade de utilizar esses equipamentos, contribuindo com seu bem-estar”, afirmou.

Estrutura e dinâmica

O Pop Rua Jud Pantanal está disponibilizando mais de 20 serviços à população em vulnerabilidade e situação de rua. Segundo o comitê organizador, a estimativa é que a ação alcance cerca de 600 pessoas acolhidas nas UAIFA’s e nas 11 comunidades terapêuticas cofinanciadas e parceiras da Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS), além dos imigrantes atendidos na Casa de Passagem Resgate, Centro POP e moradores em situação de rua que forem abordados pelo Serviço Especializado em Abordagem Social (SEAS).

Das 9 às 17 horas, os usuários terão acesso a serviços oferecidos por meio de parceiras com a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social (Sesdes), Funsat, Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sisep), Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários (AMHASF), Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação (Agetec), Fundação Municipal de Esporte (Funesp), Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur), Subsecretaria de Defesa dos Direitos Humanos (SDHU), Agetran,  além de Ong’s, órgãos do governo do Estado, UFMS, Polícia Federal, Senai, Senac, entre outros.

Logo na entrada é realizada uma triagem e encaminhando das pessoas para os atendimentos necessários. Nas tendas, profissionais e técnicos oferecem serviços como regularização de documentos, cadastro único, vagas de trabalho, orientação jurídica, consulta a processos trabalhistas, orientações sobre saúde, vacinação, testagem rápida, atendimento odontológico, na área da beleza e apresentações culturais organizadas pela Secretaria Municipal de Cultura (Sectur).

Inauguração

A Funesp também inaugurou um espaço com aparelhos do projeto da Academia ao Ar Livre, do Programa Movimenta Campo Grande, que visa promover a saúde e o lazer, com perspectivas de qualidade de vida coletiva.

A unidade foi contemplada com aparelhos, como: multiexercitador, simulador de caminhada duplo, sky duplo, placa orientativa, máquina abdominal, simulador de cavalgada duplo, supino, rotação duplo vertical e rotação vertical com duplo diagonal.