segunda-feira, 26/02/2024

Com investimento e oportunidades, Governo do Estado fortalece cooperativismo em MS

Com investimento e oportunidades, Governo do Estado fortalece cooperativismo em MS

O cooperativismo tem importantes investimentos que proporcionam crescimento, oportunidades e empregos em Mato Grosso do Sul, além de representar aproximadamente 10% do PIB (Produto Interno Bruno) do Estado.

Com este cenário de desenvolvimento e progresso, o governador Eduardo Riedel participou da abertura da Semana do Cooperativismo 2023, realizada na noite deste sábado (24), em Dourados. O evento também contou com a participação do vice-governador José Carlos Barbosa, além dos secretários Maurício Simões (SES) e Jaime Verruck (Semadesc).

“O Mato Grosso do Sul tem o privilégio de crescer baseado no cooperativismo, um modelo de buscar a união das pessoas, a participação de todos em conjunto. A metade dos investimentos acontecendo hoje no Estado, com exceção da indústria da celulose, tem a participação direta do cooperativismo. Sou muito grato a organização da sociedade em todos os setores econômicos que tem ajudado muito o Estado a ter este desempenho destacado em todo o Brasil”, pontuou Riedel.

Governador durante evento em Dourados

A cerimônia reuniu mais de 1,5 mil pessoas e marcou o início da Semana do Cooperativismo, celebração em alusão ao Dia Internacional do Cooperativismo que é comemorado sempre no primeiro sábado de julho, e neste ano tem como tema “Cooperativas pelo desenvolvimento sustentável”.

Secretário da Semadesc, Jaime Verruck

O titular da Semadesc (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação) Jaime Verruck, observou que o Estado tem recebido inúmeras cooperativas, especialmente do Paraná. “Houve um transbordamento das cooperativas paranaenses em Mato Grosso do Sul, para investir permanentemente. Os novos investimentos geram crescimento, oportunidades de emprego, desenvolvimento econômico”.

Veruck pontuou sobre os recursos específicos às cooperativas, do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste). “Temos um Programa Estadual de Fortalecimento do Cooperativismo, e conseguimos estabelecer o valor de 10% dos investimentos do FCO para as cooperativas, que hoje aplicam muito rapidamente esses recursos. E apresentamos uma proposta de ampliação desse índice”.

Este ano o CEIF (Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis) do FCO, já aprovou mais de 450 cartas-consulta pleiteando financiamentos que superam R$ 1,030 milhão, quase metade do volume global destinado ao Estado – R$ 2,2 bilhões – divididos em igual valor para as modalidades Rural e Empresarial.

Evento destacou a importância do Cooperativismo em MS

O presidente do Sistema OCB/MS, Celso Régis, destacou a importância do cooperativismo sul-mato-grossense, que tem 400 mil cooperados em 126 cooperativas. “Temos recebido apoio de diversas frentes da gestão estadual e por isso o cooperativismo se mantém firme e com estimativa de crescimento no Estado”.

O cooperativismo é um dos setores que mais cresce na economia de Mato Grosso do Sul, e atualmente o Sistema OCB MS (Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras de Mato Grosso do Sul) garante pelo menos 11 mil postos de trabalho no Estado.

“As inúmeras cooperativas que buscam o Mato Grosso do Sul para investir, é resultado e fruto da participação direta dos cooperados no processo. Hoje temos cooperativas atuando na suinocultura, soja, algodão. É assim que se faz o desenvolvimento, o compromisso do público com a sociedade”, finalizou Riedel.

Evento foi realizado em Dourados

Natalia Yahn, Comunicação do Governo de MS 
Fotos: Álvaro Rezende

ATENÇÃO IMPRENSA: Confira as fotos, imagens e sonoras do evento