sexta-feira, 24/05/2024
Com apoio do Governo do Estado, feira agropecuária tem foco no desenvolvimento e sustentabilidade de MS

Com foco no desenvolvimento e sustentabilidade de Mato Grosso do Sul a 15ª DINAPEC (Dinâmica Agropecuária) é realizada hoje e amanhã em Campo Grande. A feira tecnológica, que acontece a cada dois anos, tem o objetivo de transferir as principais tecnologias geradas pela Embrapa e parceiros, permitindo contato direto com pesquisadores e técnicos.

O governador Eduardo Riedel participou da abertura do evento nesta quarta-feira (22), e pontuou sobre os 50 anos da Embrapa – que é comemorado em 2023 –, fomentando as ações na área rural, além transformar o mundo agropecuário, inclusive na genética, sanidade, nutrição e uso do solo.

“O Mato Grosso do Sul tem crescido acima das taxas do Brasil. Aqui temos logística, infraestrutura, investimentos e o ambiente é favorável para os negócios acontecerem. O Governo do Estado continuará a ser parceiro para a ciência e tecnologia. Este conjunto de ações ajudam a transformar o nosso estado como um dos mais competitivos do Brasil”, frisa.

Dinapec 2023 é realizada hoje e amanhã

Também participaram da abertura da DINAPEC – realizada na Embrapa Gado de Corte, na Capital –, o vice-governador José Carlos Barbosa e os secretários Pedro Arlei Caravina (Segov), Eduardo Rocha (Casa Civil), Jaime Verruck (Semadesc), além do ex-senador Ruben Figueiró, o presidente da Famasul Marcelo Bertoni, o Chefe-Geral da Embrapa Gado de Corte Antônio do Nascimento Ferreira Rosa, e outras autoridades.

“A Embrapa, promoveu através do estudo, ciência, pesquisa e tecnologia uma profunda transformação no Mato Grosso do Sul. e no Brasil. Investir em ciência, tecnologia e inovação continua a ser fundamental para o progresso do nosso Estado”, afirmou o vice-governador José Carlos Barbosa.

Dinâmica Agropecuária

Em sua 15ª edição da Dinapec, marcada para acontecer entre 22 e 24 de março, traz um formato diferenciado e programação mais interativa. O evento – que teve a última edição em 2019, por conta da pandemia – é uma iniciativa da Embrapa e Sistema Famasul, com parceria do Governo do Estado, por meio da Semadesc (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação).

“Nossas áreas cultivadas de grãos, pastagens e tudo que somos referência, tem participação da ciência. A partir de pesquisas que nasceram dentro da Embrapa, o avanço chega no campo e faz diferença na vida do produtor rural e nos resultados alcançados que chegam até a população”, disse o presidente do Sistema Famasul, Marcelo Bertoni.

Além de trazer as mais recentes soluções tecnológicas da Embrapa em parceria com diversas instituições, o evento tem como objetivo promover a troca de conhecimentos e saberes que servirão para produtores e técnicos construírem inovações e melhorias no sistema produtivo. “A Embrapa tem como missão a ciência aplicada, desenvolver conhecimento e tecnologia para o homem do campo, atuando em diferentes áreas e tudo que tem à mesa da população”, afirmou Antônio do Nascimento Ferreira Rosa, chefe-geral da Embrapa Gado de Corte.

“A Dinapec representa a importância da pecuária para Mato Grosso do Sul. Somos um Estado com intensificação na bovinocultura de corte e isso é o que queremos mostrar nesse evento. O caminho da pecuária é investimento, é intensificar e reduzir o tempo de abate para os animais, diminuir área de produção e difundir conhecimento para os profissionais que levarão as informações para o produtor”, ressaltou Verruck.

A Dinâmica Agropecuária também tem o apoio da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), entre outras instituições públicas e privadas.

Governador e chefe da Casa Civil caminharam pelos estandes do evento

Natalia Yahn, Comunicação Governo MS
Fotos: Saul Schramm

ATENÇÃO IMPRENSA: o pool de imagens do evento está no link.