segunda-feira, 22/04/2024
Com 1,2 mil vagas abertas em 64 cursos superiores, UEMS recebe inscrições pelo Sisu até dia 24

As inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) vão até a próxima sexta-feira (24), conforme divulgação do Ministério da Educação (MEC). Nesta seleção, a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) ofertará 1.264 vagas em 64 cursos, sendo 708 vagas por ampla concorrência e 556 vagas para ações afirmativas. 

A inscrição pode ser feita pelo link: http://acessounico.mec.gov.br/sisu 

O Sisu reúne em um sistema eletrônico gerido pelo MEC as vagas ofertadas por instituições públicas de ensino superior de todo o Brasil.

O Sistema executa a seleção dos estudantes com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Até o limite da oferta das vagas, por curso e modalidade de concorrência, de acordo com as escolhas dos candidatos inscritos, eles são selecionados por ordem de maior classificação, em cada uma das duas edições anuais do Sisu.

Confira o quadro de vagas da UEMS:

Cronograma:

– Período de Inscrições: 16 de fevereiro a 24 de fevereiro

– Resultado da Chamada Regular: 28 de fevereiro

– Manifestação da Lista de Espera: 28 de fevereiro a 08 de março

– Matrícula da Chamada Regular: 2 de março a 08 de março

– Convocação da Lista de Espera: a partir de 13 de março

Saiba mais em: http://www.uems.br/ingresso/sisu 

Sistemas de Ingresso

Para o Sisu 2023, em cumprimento ao disposto na Resolução CEPE-UEMS Nº 2.474, de 30 de agosto de 2022, a ocupação das vagas oferecidas para cada curso será por meio dos sistemas de ingresso:

I – por Acesso Universal (Ampla Concorrência); e

II – por Reserva de Vagas, sendo:

  1. a) 20% para candidatos ao regime de cotas para Negros(pretos e pardos) que tenham cursado integralmente o Ensino Médio em escola (s) pública(s);
  2. b) 10% para candidatos ao regime de cotas para Indígenas que tenham cursado integralmente o Ensino Médio em escola (s) pública(s);
  3. c) 10% para candidatos ao regime de cotas para Residentes em Mato Grosso do Sul;
  4. d) 5% para pessoas com deficiência e transtornos globais do desenvolvimento (PCD).

O candidato deverá, obrigatoriamente, optar pela vaga à qual deseja concorrer e certificar-se de que cumpre os requisitos estabelecidos para concorrer às vagas reservadas em decorrência das Leis: Lei nº 5.541, de 15 de julho de 2020; Lei nº 2.589, de 2002; Lei nº 2.589, de 26 de dezembro de 2002; Lei nº 2.605, de 6 de janeiro de 2003; ou da Resolução CEPE-UEMS nº 2.423, de 30 de agosto de 2022.

Como funciona o SiSU?

A inscrição ao Sisu é gratuita e feita, exclusivamente, pela internet.

O acesso ao sistema de inscrição do SiSU é realizado com as informações de login e senha para acesso aos serviços digitais do governo federal, mediante uma conta no gov.br. Se o candidato ainda não possui cadastro na página gov.br clique aqui para criar sua conta e se inscrever no Sisu, usando login e senha do cadastro do gov.br.

No momento em que o candidato realiza o login no Sisu, o sistema recupera, automaticamente, as notas dele obtidas na edição do Enem válida para o processo seletivo.

No ato da inscrição, o candidato escolhe até duas opções de curso dentre as ofertadas em cada processo seletivo do Sisu. É possível alterar as opções de curso durante todo o período de inscrições. A inscrição válida será a última registrada no sistema.

Quem não for selecionado em nenhuma das duas opções de curso indicadas no ato de inscrição ainda pode disputar uma das vagas por meio da lista de espera do SiSU. Fique atento também aos prazos para manifestar interesse em participar da lista de espera.

As vagas ofertadas no Sisu são distribuídas conforme determinação da Lei de Cotas (Lei 12.711/2012) e, ainda, de acordo com as políticas e ações afirmativas que podem ser adotadas por instituições públicas de ensino superior, como vagas reservadas e aplicação de bônus sobre a nota do candidato que atenda o perfil indicado pela instituição. De acordo com as especificações da instituição, o sistema faz, automaticamente, o cálculo e gera uma nova nota, que é apresentada ao candidato.

Quem pode se inscrever?

Todos os estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), edição mais recente antes do processo seletivo do Sisu, obtiveram nota na prova de redação maior do que zero e não declararam estar na condição de treineiro ao se inscrever no Enem.

Como se inscrever?

Com o acesso.gov.br feito, na página de inscrição do portal, a primeira coisa a fazer é confirmar os dados para o Sisu entrar em contato com o candidato. Depois da atualização, o candidato está pronto para começar sua inscrição.

O candidato pode escolher até duas opções de curso. E acompanhar sua inscrição durante todo o processo.

Eduarda Rosa, Comunicação UEMS
Foto: Chico Ribeiro/Arquivo