sexta-feira, 23/02/2024

Campo Grande abriu 9 mil novas empresas em 7 meses, média de 1,3 mil por mês

Campo Grande abriu 9 mil novas empresas em 7 meses, média de 1,3 mil por mês

Campo Grande, 02/08/2023 às 16:00

O número de empresas ativas em Campo Grande segue em crescimento. Nos primeiros sete meses do ano foram abertas 9.078 empresas, uma média de 1.296 novas empresas constituídas por mês, o que mostra o potencial da Capital das Oportunidades. Os dados são divulgados mensalmente no Boletim Econômico da Sidagro (Secretaria Municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio), que usa como base o Data Sebrae que é organizado com informações da Receita Federal do Brasil.

 

Neste mês de julho, o saldo de empresas ativas chegou a 126.455, um crescimento de 9,89% frente aos 115.078 registrados no mesmo período de 2022. Se for considerado março de 2020, início da pandemia, quando a cidade possuía 103.129 empresas constituídas, o crescimento chega a 22,62%, demonstrando a resiliência da economia municipal, e o espírito empreendedor do campo-grandense mesmo em cenários de adversidade econômica.

Campo Grande representa cerca de 41,21% do quantitativo estadual de empresas constituídas ativas, já que Mato Grosso do Sul alcançou a marca de 306.883 empresas ativas em julho. A maior parte das empresas campo-grandenses se caracterizam como micro e pequenas empresas. Apenas 6,20% se enquadram como de médio e grande porte.

No Brasil, Campo Grande se posiciona como a 14ª cidade com o maior número de empresas ativas.

“Isso mostra que todas as iniciativas que a Prefeitura de Campo Grande e demais órgãos têm tomado para desburocratizar o processo de abertura de empresas já vem dando resultado. O excesso de burocracia é um fator que desestimula muitos empreendedores a iniciarem seu próprio negócio e é uma das maiores dores dos empresários ao se iniciar um empreendimento”, avalia o secretário municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio, Adelaido Vila.

Serviços e Comércio seguem em disparado no número de empresas constituídas. Sendo que Serviços, inclusive, é o setor que mais gerou novas vagas de emprego em Campo Grande – 2.739. Com um saldo positivo de 5.104 novas vagas abertas nos primeiros meses do ano, os setores que mais empregaram foram Serviços (2.739), Construção (919), Indústria (917), Comércio (285) e Agropecuária (244).

Outro dado interessante a citar é que a maioria das pessoas que conseguiram novas oportunidades de trabalho tem entre 18 e 24 anos (2.850), seguido de quem tem até 17 anos (1.041) contrariando a ideia de que o marcado não está aberto a pessoas com pouca experiência. Entretanto, Educação é um fator fundamental já que das 5.104 novas vagas, 3.852 foram abertas para pessoas que possuem pelo menos o ensino médio completo. Do total de vagas abertas, 189 são estrangeiros, sendo 113 venezuelanos que vieram para Campo Grande em busca de novas oportunidades.