sexta-feira, 14/06/2024
Atividades sobre a Páscoa resgatam brincadeiras e promovem a reflexão de usuários da Rede de Assistência Social

Campo Grande, 06/04/2023 às 09:00

Atividades culturais, artísticas e oficinas de ovos de chocolate, estão movimentando as unidades de acolhimento, Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Centros de Convivência (CC) e Centros de Convivência do Idoso (CCI), da Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS).

O objetivo é trabalhar a temática da Páscoa de forma lúdica, promovendo a interação por meio de atividades que incentivam a troca de experiências e levando alegria para os usuários do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV).

Uma ação inédita este ano, foi a comemoração que aconteceu no Parque das Nações Indígenas, com os idosos do SCFV do Cras Vida Nova. A turma aproveitou a data alusiva para brincar e reviver a infância. A coordenadora do Cras, Adriana Nascimento, ressaltou a importância das atividades para fortalecer vínculos familiares e de convívio, gerando a autonomia e a sociabilidade dos idosos.

“O passeio foi maravilhoso e eles aproveitaram cada momento. A nossa intenção é acessar as memórias afetivas da infância, resgatar histórias por meio de diálogos, brincadeiras, contribuindo também para a capacidade de raciocínio, atenção e percepção. É gratificante fazer parte da alegria deles”, disse a coordenadora, que afirmou ainda que toda essa dinâmica é um suporte para os idosos que apresentam sinais de depressão.

Dona Nizelina Nunes, de 81 anos, falou com entusiasmo sobre a atividade de Páscoa no parque. “Eu gostei muito, aproveitei como se fosse uma criança de verdade, joguei dominó, dancei e até pulei amarelinha. Eu amo participar das atividades do Cras, se eu pudesse iria todos os dias, só tenho a agradecer pelo carinho”, afirmou.

No Cras Aero Rancho, as crianças do SCFV de 6 a 15 anos, participaram da oficina de ovos de chocolate onde aprenderam, na prática, a produzir os seus próprios ovos, receberam uma grande festa pascal com direito a muitas guloseimas e uma palestra sobre a ressurreição de Cristo.

Para a coordenadora da unidade, Maria de Lourdes Castro Nunes Quintana, poder proporcionar alegria às crianças é  uma satisfação. “Estamos na segunda edição da Páscoa da Alegria, é muita diversão a produção dos ovinhos, a preparação da festa e este ano tivemos a participação especial da missionária Mirian Freire, que falou sobre o verdadeiro sentido da Páscoa para os nossos pequenos, que aliás amaram a história e entenderam a importância da data”, pontuou.

Julia Oliveira, de 7 anos, está no SCFV há dois anos e afirmou que essa época é a mais esperada por ela. “Eu amo a Páscoa, e foi muito divertido aprender a fazer o meu ovo e o melhor de tudo pode lavar para casa”, disse a menina.

Reflexão

Os profissionais da Rede de Assistência Social do município que atuam nas unidades aproveitam as atividades alusivas à data para, além de ressaltar a importância da Páscoa, também proporcionar momentos de celebração e reflexão, promovendo o debate entre os usuários sobre valores como amizade, amor, respeito e socialização.

Exemplo disso é a adolescente de 14 anos, Isabele Vicente, usuária do Cras Aeroporto. “Eu gostei muito do que a gente acabou de aprender sobre o que realmente é a Páscoa. Abriu a nossa mente que não é só chocolate, o importante é sabermos que tudo tem um significado e eu achei muito interessante”, frisou.