segunda-feira, 26/02/2024

Agesul fecha o ano com R$ 22 milhões em convênios pagos para Campo Grande

Agesul fecha o ano com R$ 22 milhões em convênios pagos para Campo Grande

O município de Campo Grande recebeu do Governo do Estado em 2023 mais de R$ 22 milhões para obras de infraestrutura urbana, que vão desde a revitalização da Avenida Duque de Caxias até a pavimentação e drenagem no Jardim Noroeste.

O valor representa a somatória dos recursos transferidos dos cofres estaduais para os municipais ao longo de 12 meses, mostra balanço da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), autarquia de obras públicas vinculada à Seilog (Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística). 

Conforme a pasta, os recursos foram transferidos na modalidade de convênios, quando o Estado repassa dinheiro para a Prefeitura, que é responsável por licitar, executar e fiscalizar as obras. Ou seja, não estão contabilizados neste montante os valores aplicados em obras do Estado na Capital.

Com o dinheiro recebido, a prefeitura municipal executa as obras de pavimentação em vias ao fundo do vale do Córrego Imbirussu; de recapeamento em ruas das regiões do Anhanduizinho, Lagoa e Centro; de pavimentação e drenagem nos jardins Nashiville, Centenário e Noroeste, além dos bairros Portal Caiobá e North Park. A obra de revitalização da área pública da antiga rodoviária da Capital também está contemplada no rol de convênios com o Governo do Estado.

Para 2024 está no planejamento da Agesul o repasse de R$ 122,6 milhões para essas e outras obras, como ações de infraestrutura no Complexo Areias, Cabaças e Anhanduí; de mobilidade urbana nos corredores de Ônibus e de reforma e ampliação da Feira Central. Os recursos vão sendo transferidos na medida em que as obras vão andando. Ou seja, quanto mais rápido as obras avançarem, mais cedo serão quitados os convênios.

Bruno Chaves, Comunicação Seilog
Foto: Chico Ribeiro