domingo, 21/04/2024

Em pronunciamento nesta terça-feira (7), a senadora Professora Dorinha Seabra (União-TO) afirmou que o país tem um grande caminho pela frente não apenas no enfrentamento à violência contra a mulher, cujos números classificou como vergonhosos, mas também em diversos outros temas relacionados à cidadania das mulheres. A senadora observou que projetos importantes precisam avançar não apenas durante o mês de março, quando se comemora o Dia Internacional da Mulher.

Ela destacou que a senadora Eliziane Gama (PSD-MA), líder da Bancada Feminina, selecionou, junto às demais senadoras 15 projetos importantes para serem votados em março. Dorinha ressaltou, entretanto, que espera mais do que a simples apreciação dessas matérias. 

— O mês de março não é um mês ao qual nós queremos, como mulheres, estar confinadas, aprovando matérias importantes somente nesse mês. A construção política plural precisa acontecer no Congresso Nacional independentemente do mês de homenagem. Nós agradecemos a atenção da Mesa, do presidente Rodrigo Pacheco, com a votação de temas importantes que foram selecionados pelas mulheres, mas, mais do que isso, nós queremos e precisamos ter a votação de matérias importantes não só ligadas a temas diretamente envolvidos com a mulher, mas de temas que mulheres apresentaram, temas importantes.

A senadora pediu apoio para a aprovação de matéria que garante a representação proporcional de cada sexo na composição das Mesas e Comissões do Congresso Nacional, da Câmara dos Deputados e do Senado Federal (PEC 38/2015). A proposta foi indicada por Dorinha para o esforço concentrado. 

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)