terça-feira, 28/05/2024
À tribuna, em discurso, senador Astronauta Marcos Pontes (PL-SP).

Em pronunciamento em Plenário nesta terça-feira (14), o senador Astronauta Marcos Pontes (PL-SP) ressaltou a importância do Centro Espacial de Alcântara (CEA) e do Programa Espacial Brasileiro, no Maranhão. Para ele, as comunidades do entorno de Alcântara (MA) serão favorecidas com os investimentos no programa.  

De acordo com o parlamentar, é necessário que o programa espacial seja bem gerido para permitir aplicações na expansão tecnológica, desenvolvimento social e o crescimento econômico no estado do Maranhão (MA). Além disso, os recursos também devem ser aplicados para a prevenção de desastres naturais.

— Se o Centro Espacial de Alcântara for capaz de ter 1% do mercado de lançamentos de foguetes do planeta, isso significa um rendimento de US$ 3 bilhões a US$ 3.5 bilhões por ano. Imagine o que isso pode fazer para o nosso Programa Espacial! — observou o senador.

Marcos Pontes pediu ao atual governo a criação da empresa pública Alada, que teria a missão de coordenar área operacional de Alcântara. O senador esclareceu que seria uma empresa estatal temporária e independente, que levaria o programa espacial brasileiro a “dar um salto” em relação às necessidades que o país tem na geração de novos satélites.

— Aqui algumas das ideias e muitas coisas que podem ser feitas a partir dos recursos que vão ser gerenciados e repassados através dessa empresa, Alada, melhorando o nosso Centro Espacial de Alcântara e, certamente, o programa espacial, trazendo desenvolvimento econômico, mais renda para a população, mais serviços para o Brasil como um todo desse setor tão importante — concluiu.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)