sexta-feira, 14/06/2024
Conscientização em cores

Você já notou que as cúpulas e as torres do Senado e da Câmara são iluminadas com cores e exibições de frases e imagens de temas relevantes para a sociedade, ao longo do ano? 

Com frequência, o Congresso Nacional adere a campanhas de conscientização de órgãos públicos, entidades especializadas e organizações e recebe luzes coloridas ou projeções de fotografias, vídeos e frases. São as #coresdocongresso e as #coresdosenado.

A ideia é chamar a atenção do cidadão para ações de saúde, como o Outubro Rosa; datas relevantes como a Independência do Brasil e o Dia dos Povos Indígenas; pautas de direitos humanos, defesa do meio ambiente e das minorias e outras causas sociais.

São esforços para mostrar o compromisso do Parlamento com a difusão da informação, com o engajamento pela obtenção e ampliação de direitos individuais e coletivos e pelo respeito à diversidade.

Mais que uma atração para os brasilienses e turistas pela beleza e emoção que causam, as cores são um exercício de cidadania e conscientização para a sociedade.

 Quando o Congresso se ilumina para efemérides e campanhas, presta um serviço aos cidadãos. Muitas vezes são eventos de apelo mundial e que surgiram a partir de conquistas sociais  observa Lucyana Vega, chefe da Assessoria de Qualidade de Atendimento e Logística, setor responsável pelas iluminações.

Os refletores estavam inoperantes desde os ataques de 8 de janeiro às sedes dos Três Poderes, mas foram reparados para as comemorações do Março Mulher. A primeira iluminação depois das invasões antidemocráticas foi roxa, pelo Dia Internacional da Mulher.