sábado, 15/06/2024

Foi celebrado hoje no Senado o Dia Mundial das Doenças Raras para conscientizar a população sobre essas doenças, que afetam mais de 300 milhões de pessoas no mundo. Estima-se que no Brasil são 13 milhões, mas o número pode ser maior. Um projeto (PL 4.691/2019) da senadora Leila Barros (PDT-DF) obriga a notificação de doenças raras às autoridades, o que, na avaliação da senadora Zenaide Maia (PSD-RN), é importante para programar políticas públicas. Três subcomissões trataram das doenças raras e sugeriram medidas para garantir a prevenção e o tratamento dessas doenças.