segunda-feira, 22/04/2024
Deputado João Mattogrosso integra Comissão de Constituição, Justiça e Redação da ALEMS

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul definiu nesta terça-feira (28), durante Sessão Ordinária, a composição da principal comissão do legislativo estadual, a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR). Entre os cinco membros titulares está o deputado João Mattogrosso (PSDB).

“Vamos cumprir com muita responsabilidade essa missão, analisando de forma técnica e ágil todas as matérias, para que o nosso Estado seja beneficiado, sempre prezando pelo fiel cumprimento do regimento”, destaca João Mattogrosso.

A presidência da CCJR fica a cargo da deputada Mara Caseiro (PSDB) e a vice-presidência do deputado Junior Mochi (MDB). Também compõem a comissão os deputados Antônio Vaz (Republicanos) e Pedrossian Neto (PSD).

De acordo com o regimento da Casa de Leis, a comissão é a responsável por analisar os aspectos constitucional, legal, jurídico,   regimental e da técnica legislativa de proposições, emendas ou substitutivos sujeitos à apreciação da Assembleia ou de suas comissões, para efeito de tramitação.

Também compete à CCJR a admissibilidade de proposta de emenda à Constituição, organização do Estado e exercício dos Poderes, organização e divisão judiciárias, intervenção federal e nos municípios, análise de pedidos de licenças dos deputados e perda de mandato do Governador, Vice-Governador ou de Deputado Estadual.

A concessão de título honorífico ou atribuição de nome a próprios estaduais, declaração de utilidade pública, transferência da sede do Poder e redação do vencido em Plenário e redação final das proposições em geral.

 

PERFIL – João Mattogrosso tem 39 anos, é empresário do segmento de sementes de pastagem e está como Deputado Estadual pelo PSDB, sendo o atual presidente do Diretório Municipal de Campo Grande do partido. Sua ligação com a política começou enquanto universitário e, desde 2000, participa de campanhas e movimentos políticos.

Conquistou sua primeira vitória eleitoral em 2016, com 3.729 votos, exercendo de 2017 a 2020, o primeiro mandato como Vereador de Campo Grande. Já em 2020 foi reeleito com 4.209 votos, o mais votado do PSDB, sendo reconduzido para o mandato de 2021 a 2024.

Atendendo ao convite do então Governador Reinaldo Azambuja, assumiu o desafio de comandar a Secretaria de Estado de Cidadania e Cultura (Secic), se licenciando do mandato parlamentar na Câmara Municipal de Campo Grande em maio de 2021 e assumiu por 11 meses a pasta que abrangia oito subsecretarias de políticas públicas (mulheres, racial, juventude, LGBT+, indígena, idosos, deficientes e assuntos comunitários), além de gerenciar a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul.

Em 2022 disputou pela primeira vez as Eleições Gerais para o cargo de Deputado Estadual pelo ninho tucano e ficou como primeiro suplente com 11.650 votos.

Com a licença do deputado Pedro Caravina para comandar a Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica, João Mattogrosso renunciou ao mandato de vereador da Capital em 31 de janeiro de 2023 e passou a integrar o parlamento estadual na maior bancada, sendo um dos seis tucanos da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul desde 1º de fevereiro.